Logroño – Segunda Parte

No aspecto religioso, a cidade de Logroño possui várias igrejas de interesse histórico e artístico, a começar por sua catedral, que devido à sua importância, falaremos num post à parte. No entanto, a mais antiga conservada na capital da Rioja é a Igreja de San Bartolomé, edificada nos séculos XII e XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO templo conserva em parte o estilo românico, principalmente na cabeçeira e na parte inferior da torre. Porém, seu destaque maior é a portada, composta pelo melhor conjunto de escultura gótica de toda a comunidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior caracteriza-se pela sobriedade e ausência decorativa. A igreja foi catalogada como Monumento Nacional em 1866.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruída no séc. XIII, a Igreja de Santa Maria de Palacio recebeu este nome graças a doaçao que realizou o rei Alfonso VII de seu palácio, para que nele se fundasse o primeiro templo da Ordem do Santo Sepulcro no entao Reino de Castilla.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÀ primeira vista chama a atençao sua bela torre octogonal, construída no período gótico, e conhecida pelo nome de “La Aguja” (a agulha).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA cidade está repleta de belos edifícios, que adornam ainda mais a paisagem urbana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERALogroño é conhecida em toda a Espanha por sua rica e variada gastronomia. Seu produto por excelência é o renomado Vinho Rioja, que também comentaremos numa publicaçao exclusiva. Outro elemento de referência sao suas tapas e pintxos (como sao conhecidas as tapas servidas no palito, principalmente no norte do país). Neste aspecto, um local de visita obrigatória é a Calle del Laurel, com uma grande quantidade de bares e restaurantes.

DSC07561OLYMPUS DIGITAL CAMERADe noite a rua fica lotada de pessoas, que nela se dirigem para provar sua enorme variedade de verdadeiras delícias…

DSC07556A oferta gastronômica é tal que anualmente se realizam um concurso de tapas entre a infinidade de bares existentes.

DSC07565Em 2012, Logrono foi designada como a Capital Espanhola da Gastronomia. A data festiva mais importante do calendário da cidade é o 11 de Junho, quando se celebram as festas de San Bernabé. Nesta data, se comemora a vitória e a resistência da cidade diante das tropas francesas de Francisco I, que a sitiaram em 1521. Sao repartidos entre a populaçao peixe, pao e vinho, os alimentos consumidos durante a invasao.

Igreja de Vera Cruz de Segóvia

A Igreja de Vera Cruz de Segóvia é um dos monumentos mais curiosos e misteriosos da cidade. Tradicionalmente atribuída aos templários, atualmente se acredita que sua construção foi promovida pela Ordem do Santo Sepulcro de Jerusalém em 1208.

O entorno onde está situada a igreja é totalmente campestre, sem nada que obstaculize a visualização deste insólito e surpreendente templo.

Possui uma planta dodecagonal, e este tipo de construção tem como antecedente direto os batistérios romanos dos primeiros tempos do cristianismo, muito utilizado por diferentes Ordens Cruzadas. Foi inspirado na Mesquita da Rocha e na Basílica do Santo Sepulcro, ambas em Jerusalém.

Em 1531, com a unificação da ordem do Santo Sepulcro com a Ordem de San Juan de Jerusalém, passou a depender da Soberana Ordem Militar e Hospitalária de San Juan de Jerusalém, Rodas e Malta, que se encarrega atualmente de sua conservação.

Em 1692 passou a estar sob a titularidade da Virgem da Paz e em 1951 voltou a pertencer à ordem que se encarrega hoje em dia de sua manutenção.

Ao edifício original foi acrescentado um ábside que funciona hoje em dia como sacristia, totalizando os 4 existentes.

A torre foi construída em época posterior.

Possui 2 simples portadas e capitéis que adornam suas colunas.

O interior é verdadeiramente excepcional. No centro da igreja, uma estrutura também dodecagonal se une aos muros mediante arcos, que suportam a bôveda.

Esta estrutura está formada por 2 pisos, um inferior, de pouca altura e com formato de cripta.

O piso superior se alcança por uma escada dupla. De maior altura que o inferior, nele encontramos um bloco de pedra retangular que funciona como altar.

Ao redor da estrutura central, várias bandeiras da Ordem de Malta decoram o espaço.

Num dos ábsides, apreciamos um Cristo crucificado do séc. XIII.

O mistério relacionado à sua construção justifica a grande quantidade de textos favoráveis ou não à sua origem templária. O que não se discute, é que a Igreja de Vera Cruz forma, junto com os templos de Eunate e Torres del Rio, ambas em Navarra, a grande trilogia de igrejas poligonais românicas espanholas.

Porém, a Igreja de Vera cruz é a maior de todas e de arquitetura mais complexa, já que é a única dodecagonal, enquanto as outras duas são octagonais.

Em 1919, foi declarada Monumento Nacional.