Igrejas Históricas de Córdoba – Parte 3

No post de hoje, veremos outras das Igrejas Históricas de Córdoba, que podem ser conhecidas num agradável passeio por seu centro histórico. A Igreja da Trindade (Iglesia de la Trinidad, em espanhol) está localizada na Plaza de la Trinidad, onde antigamente se erguia um convento fundado por Fernando III no século XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja que vemos atualmente data do século XVIII, inserindo-se dentro do estilo barroco. Abaixo, vemos uma foto do interior da igreja e o Retábulo Maior, construído no mesmo estilo em 1724. Está presidido pela chamada Virgem do Coro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, o belo órgão da igreja….

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém barroca é a Igreja de San Cayetano, edificada entre 1638 e 1656. Sua colorida fachada amarela, presidida por uma imagem do santo titular, é muito bonita…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO patrimônio religioso de Córdoba inclui alguns conventos cujas igrejas ainda podem ser admiradas, caso da Igreja de N.Sra de Gracia, pertencente a Ordem Trinitária.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO convento foi construído no começo do século XVII, sendo que a igreja começou a ser levantada em 1648. Abaixo, vemos uma foto do interior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO templo foi saqueado pelo exército francês durante a ocupação napoleônica em 1808. O Retábulo Maior do século XVIII foi trazido de outro convento, em 1869.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA Muitos conventos oferecem dôces típicos preparados pelas freiras, algo que ocorre em muitas instituições religiosas espalhadas pelo país, como o Convento de Santa Ana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste convento foi fundado pela Ordem Carmelita no século XVII. Na fachada principal vemos as  esculturas de Santa Ana, a Virgem Maria e o Menino Jesus.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizo as matérias dedicadas às Igrejas Históricas de Córdoba com uma pequena ermita, situada junto ao Rio Guadalquivir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Patrimônio Histórico de Lavapiés

No post de hoje veremos algumas das construçoes históricas do Bairro de Lavapiés, regiao de Madrid que lamentavelmente perdeu muito de seu patrimônio depois da Guerra Civil do séc. XX. Um exemplo desta destruiçao encontramos nas ruínas das antigas Escolas Pías de San Fernando.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja desta instituiçao de caráter benéfico foi construída em 1734 pelo arquiteto Francisco Ruiz, contando com o patrocínio dos monarcas Carlos III e Carlos IV. O colégio tinha como missao a educaçao de crianças pobres, chegando a ter 2 mil alunos. A eficácia educativa dos escolápios através de seu inovador sistema pedagógico tornou-se famosa, e a instituiçao passou a receber apoio da nobreza, como o Duque de Alba, por exemplo. Em suas dependências foram incluídas as primeiras classes para surdo e mudo do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1936, no começo da Guerra Civil, um grupo de fanáticos incendiou a igreja e assassinou os religiosos. O templo ficou em ruínas e abandonado a sua própria sorte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFelizmente, em 1999, as ruínas foram adaptadas a um novo uso, como espaço para a Biblioteca da Universidade de Ensino à Distância (UNED), e onde haviam imagens religiosas, retábulos e obras artísticas, atualmente vemos uma grande coleçao de livros.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a grande cúpula do templo, reformada para o fim educativo que permanece atualmente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO projeto arquitetônico incorporou novos espaços à biblioteca, outorgando um aspecto contemporâneo ao conjunto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra instituiçao de renome que desapareceu da paisagem urbana de Lavapiés foi o antigo Convento de la Trinidad. Fundado por Felipe II em 1562, era um dos mais importantes de Madrid. A Ordem Trinitária foi criada no séc. XII para promover a liberaçao de cativos cristaos no norte da África, entre os quais o mais famoso foi Miguel de Cervantes. O Convento era uma construçao renascentista com um magnífico claustro, mas foi fechado depois da Desamortizaçao de Mendizábal em 1836.  Em 1847 foi destinado como Museu Nacional de Pintura e Escultura, sendo conhecido entao como Museu de la Trinidad. Acolheu uma grande quantidade de obras religiosas depois que passou a ser propriedade estatal. Em 1897, foi infelizmente derrubado, mas seu acervo se salvou, fazendo parte atualmente do Museu do Prado. Em seu lugar foi erguido em 1915 o Teatro Calderón, um dos mais conhecidos da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem em frente à parte lateral do teatro, que vemos acima, situa-se uma pequena capela, único resto sobrevivente do antigo Convento de la Trinidad.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecida como Capela de Ave Maria, esta bela e singela construçao barroca foi erguida em 1728. A Real Congregaçao de Ave Maria foi fundada em 1611 por Simón de Rojas, confessor e conselheiro do rei Felipe III e da rainha Mariana de Áustria, que ofereceu todo o apoio para sua construçao. Na parte superior da fachada, vemos suas iniciais (MA) e a cruz vermelha e azul da Ordem dos Trinitários.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA instituiçao permanece ainda hoje com seu trabalho de beneficência social, oferecendo diariamente 350 cafés da manha para os necessitados, além assistência jurídica e psicológica.