Pablo Gargallo

A matéria de hoje e a próxima estão dedicadas a meu escultor preferido, o aragonês Pablo Gargallo (Maella, Província de Zaragoza-1881/Reus, Província de Taragona-1934). A primeira vez que conheci este artista de renome internacional e sua magistral obra vivia em Zaragoza, quando tive a oportunidade de visitar o museu a ele dedicado. De fato, Pablo Gargallo é considerado um dos mais destacados artistas do séc. XX, e um criador fundamental para a evolução da Escultura Contemporânea.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPossuidor de uma sólida formação tradicional, sua vida se desenvolveu entre as cidades da modernista Barcelona e a vanguardista Paris, locais que lhe possibilitaram um inovador processo criativo, baseado na utilização de novos materiais como o cobre, o ferro, o latão, entre outros, que se tornaram a matéria prima em busca de um estilo pessoal e realmente único.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1906, Gargallo realizou sua primeira exposição individual em Barcelona, e manteve uma estreita colaboração com os arquitetos modernistas da cidade, como Lluís Domènech i Montaner, que lhe encarregou obras para locais representativos do denominado Modernismo Catalão, como o Hospital de Sant Paul i Santa Creus e o Palau de la Música Catalã. Durante toda sua carreira, o interesse preferencial pela representação do corpo humano foi uma constante.

20150816_123909Durante sua estadia em Barcelona, viveu durante algum tempo com Picasso, cuja cabeça modelou numa escultura.

20150816_124115Outro grande artista espanhol do séc. XX, Juan Gris, apresentou a Gargallo a mulher que se tornaria sua esposa, Magali Tartanson, com quem se casou em 1915.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPablo Gargallo combinou ao longo de sua vida a escultura clássica e a experimentação. Em relação a este último aspecto, é considerado como o precursor da escultura em ferro. Um exemplo do seu emprego podemos observar em uma de suas últimas obras, (para a grande maioria de seus admiradores, sua obra prima) denominada “El Profeta“.

20150816_123834Nesta obra maravilhosa, podemos contemplar uma de suas principais características, a exploração do vazio. Ao contrário da escultura tradicional, baseada no volume, o artista realiza experiências com a desintegração da forma e do espaço. Antes de Pablo Gargallo, as esculturas eram maciças. Nesta escultura, realizada em 1933, desenvolve o conceito cubista da escultura do vazio como forma, e da forma como vazio…Outra de suas célebres obras em que adota o mesmo conceito é “Urano“, também realizada em 1933, desta vez feita de bronze.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANos últimos anos de sua vida, para esculpir a maior parte dos nus femininos que realizou, contava com a colaboração de modelos de origem nórdicas, como na peça abaixo, intitulada “Mujer del Espejo“, criada em 1934 e feita de bronze.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém de bronze é a escultura “La Bestia del Hombre“, realizada no início de sua carreira, em 1904. Apresentada em sua primeira exposição individual, fazia parte de um conjunto sobre as virtudes e os pecados capitais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos a obra “David“, de 1934…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgualmente impressionante é uma escultura em que o artista retrata uma artista francesa, KiKi de Montparnasse (1928).

OLYMPUS DIGITAL CAMERATodas estas obras que aparecem na matéria fazem parte do acervo do Museu Pablo Gargallo de Zaragoza, um local fundamental para se descobrir a obra deste genial artista. No próximo post, conheceremos um pouco mais sobre ele…

Picasso em Málaga

Além de seus monumentos, praças, edifícios e sua bela catedral,  Málaga é conhecida mundialmente por ser a terra natal de um dos gênios da arte universal, Pablo Ruiz Picasso. O artista, considerado um dos mais influentes do séc. XX, desempenhou um papel fundamental em várias correntes vanguardistas, tanto como pintor como escultor, do século passado. Foi, juntamente com Georges Braques e Juan Gris, um dos fundadores do Cubismo, e sua trajetória artística legou à humanidade um conjunto formado por mais de 2 mil obras, muitas das quais podemos admirar na cidade. Além do mais,  em Málaga existe um itinerário turístico que podemos percorrer em busca dos locais relacionados com o artista e sua família.  Por exemplo,seu pai, José Ruiz Blasco, organizava tertúlias (reuniao de amigos ou familiares realizadas de forma regular, na qual se discutiam temas diversos) na Antiga Farmácia Mamely, fundada em 1739.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPicasso nasceu em 1881 num edifício da cêntrica Plaza de la Merced. Em 1983, o local foi declarado Monumento Histórico-Artístico e atualmente é a sede da Fundaçao Picasso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Igreja de Santiago, construída em 1490 sobre o solar de uma antiga mesquita, é considerada a mais antiga da cidade, e nela foi batizado o pintor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa fachada da igreja, uma placa recorda o acontecimento, como acontece nos demais lugares relacionados com a vida do pintor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior da igreja é belíssimo. A seguir, vemos fotos do magistral Retábulo Maior, presidida por uma imagem do Apóstolo Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUm lugar de visita obrigatória para se conhecer a obra do artista é o Palácio de Buenavista, sede do Museu Picasso de Málaga. O edifício, construído no séc. XVI, se insere dentro do modelo da arquitetura renascentista, e foi a residência dos Condes de Buenavista, a quem  deve seu nome. Sua torre retangular, de origem defensiva medieval, era usada como mirante, para avistar os barcos que chegavam ao porto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir de 1913, o Palácio de Buenavista transformou-se no Museu de Belas Artes e em 1939 foi declarado Monumento Nacional. Em 1996, foi escolhido para ser a sede do Museu Picasso, devido à importância de sua arquitetura civil, e no ano de 2009 foi inaugurado, após terem sido realizadas as reformas para tal fim. A criaçao do espaço respondeu ao desejo do próprio artista, para que uma parte de suas obras estivessem presentes na cidade onde nasceu. Abaixo, vemos o pátio do Palácio de Buenavista, outro dos elementos destacáveis do edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA concretizaçao do Museu Picasso de Málaga foi possível graças aos esforços e a vontade de Christine e Bernard Ruiz Picasso, nora e neto do pintor, cujas doaçoes constituem o acervo do museu, assim como da Junta de Andaluzia, que realizou um grande projeto museístico consagrado ao artista. O acervo está composto por 233 obras, englobando uma ampla variedade de estilos e técnicas que Picasso dominou como um mestre. O museu dispoe também de um agradável jardim e uma cafetería.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, o Museu Picasso de Málaga, junto com os de Barcelona e Paris, constiuti um espaço artístico de primeira ordem para contemplar a sua obra. Em 1891, quando ainda criança, Picasso e sua família abandonaram a cidade, devido à pouca estabilidade econômica que possuiam. Da cidade, foram a La Coruña e, posteriormente, a Barcelona e Paris, lugares onde o genial pintor revolucionaria o mundo da Arte Contemporânea. Picasso faleceu em Mougins (França), em 1973.

Málaga – Andaluzia

Depois de Ronda, chegou a vez de conhecermos a capital da província, Málaga. Situada ao sul da Comunidade de Andaluzia, Málaga encontra-se  somente a uns 100 km do Estreito de Gibraltar. Esta linda cidade está cercada de montanhas e pelo Mar Mediterâneo, e atravessada pelos rios Guadalmedina e Guadalhorce, sendo que ambos desembocam no mar.

DSC09515Com cerca de 570 mil habitantes, é a sexta cidade mais populosa da Espanha, e a segunda da comunidade, somente superada por Sevilha. Considerada uma das cidades mais antigas da Europa, foi fundada pelos fenícios no séc. VIII aC, quando entao era conhecida como Malaka. Seus fundadores foram atraídos pelas boas condiçoes de seu porto natural, além dos grandes depósitos minerais que dispunha, como prata e cobre.

DSC09514Posteriormente, passou a integrar o Império Romano, sob a denominaçao de Malaca, quando alcançou um notável desenvolvimento. Deste periodo de sua longa história, destaca o Teatro Romano, construído pelo imperador César Augusto no séc. I a C. Edificado quando a cidade fazia parte da Província da Hispania Ulterior, foi utilizado até o séc. III dC. Depois de permanecer oculto durante séculos, foi redescoberto em 1951, durante umas escavaçoes arqueológicas. Foi usado também como canteira para a construçao da Alcazaba, que se situa junto ao teatro. Em 2011, depois de 27 anos de reabilitaçao, recuperou sua funçao original como espaço cênico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADurante a época árabe, tornou-se uma cidade florescente, quando se construiu a Alcazaba, que veremos num post exclusivo. Málaga foi reconquistada pelos Reis Católicos em 1487, depois de um assédio de 6 meses.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir do séc. XVIII, foi sede da Capitania Geral da Costa, desempenhando um papel essencial na política externa do país, já que a defesa do Mar Mediterâneo se organizava na cidade. A perda de Gibraltar para os britânicos em 1704 converteu Málaga numa das localidades principais do estreito.

DSC09570No séc. XIX, desempenhou um papel protagonista na Guerra da Independência contra os franceses, pois em suas proximidades ocorreu a primeira vitória de um exército europeu em campo aberto sobre as tropas napoleônicas. No entanto, a cidade acabou sendo ocupada em 1812, tendo que pagar enormes contribuiçoes por ter sido a única cidade do sul da Espanha que se revoltou contra o imperador francês.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMálaga foi também uma das cidades pioneiras da Revoluçao Industrial na Península Ibérica, junto com Barcelona. Declarada Conjunto Histórico-Artístico, poucas cidades européias apresentam uma superposiçao tao ampla de povos e culturas diferentes, que deixaram na cidade um legado monumental invejável. Além do mais, Malaga é o berço de um dos artistas mais influentes da História da Arte, Pablo Picasso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma de suas ruas mais emblemáticas, a Calle Marquês de Larios foi inaugurada em 1891, destacando-se por seu grande valor aquitetônico, formado por um harmonioso conjunto de edifícios. Em 2003, foram realizadas reformas que permitiram que se transformasse numa via apenas para pedestres. Considerada um dos principais centros comerciais do país, durante sua construçao a prefeitura promoveu uma sociedade anônima, sendo que a maioria das açoes foram adquiridas pela família Larios, daí a explicaçao de seu nome.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, Málaga atrai uma enorme quantidade de turistas, sendo recomendável reservar lugar para hospedagem. Nos bares da cidade, é comum encontrar a pessoas do mundo inteiro, compondo um magnífico cenário, digno de uma Torre de Babel.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASeu principal clube esportivo e com grande tradiçao na Liga Espanhola de Futebol, o Málaga possui um belo estádio, que vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA grande distância que a separa das cidades brasileiras nao deve ser um empecilho para visitá-la, pois realmente vale muito a pena…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizo o post com uma bela árvore, de origem sulamericana…

DSC09507

Portas Monumentais de Madrid – Parte 2

No post de hoje, veremos a Porta de Felipe IV. É uma das portas principais do Parque do Retiro, e é a mais antiga das que se conservam em Madrid.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi construída para servir de arco de entrada a Maria Luisa de Orléans, primeira esposa de Carlos II, que chegou por primeira vez à capital em 1680, além de permitir o acesso ao parque. Projetada pelo arquiteto Melchor de Bueras, no princípio estava situada na Praça Canóvas del Castillo, em frente ao Paseo do Prado, já que o parque extendia-se até esta zona da cidade. Neste local permaneceu até o séc. XIX, e durante o reinado de Isabel II (1833/1868), foi desmontada e levada ao lugar onde se encontra o atual Palácio das Comunicações, em frente a Praça de Cibeles.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sua atual localização data de 1922, quando na época a prefeitura resolveu levá-la para seu local original, convertendo-se em uma das portas de entrada do Parque do Retiro, tal como havia concebido Melchor de Bueras.

A Porta de Felipe IV possui um comprimento de 25m, e está composta por 3 vaos, dos quais os laterais correspondem a uma ampliação realizada por Luis Bellido, quando a porta foi trasladada novamente ao parque.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Apesar do nome, a estrutura não tem nada que ver com Felipe IV, a não ser pela rua próxima dedicada ao monarca, mas que foi construída no séc. XIX.

A porta é também conhecida como a de Mariana de Neoburgo, a segunda esposa de Carlos II, ainda que originalmente foi erguida em homenagem à sua primeira esposa. Após o falecimento desta, aproveitou-se o monumento para ser utilizado como entrada triunfal da rainha Mariana, em 1690. Para celebrar a ocasião, foram instalados na porta grupos escultóricos em seu frontal, entre eles a da Deusa Fortuna, atualmente desaparecido, assim como uma lápide alusiva a Mariana de Neoburgo, além da data em que chegou à corte. Daí a confusão existente entre o ano de sua construção, que ocorreu em 1680, e não em 1690, como diz a placa comemorativa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO vão central é o mais importante sob o ponto de vista histórico-artístico, já que constitue a obra barroca original, desenhada por Melchor de Bueras. Em sua parte superior, vemos os escudos de Espanha e de Madrid. Os materiais utilizados para sua construção foram o granito, em quanto à sua estrutura, e o calcáreo, para os adornos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Em frente à porta, localiza-se o Casón del Buen Retiro, um dos únicos edifícios sobreviventes do antigo Palácio del Buen Retiro, do qual toma seu nome. Foi construído em 1637, originalmente como um salão de baile da corte de Felipe IV. Desde 1971, é um dos edifícios que integram o Museu do Prado, e durante séculos acolheu a coleção de pintura correspondente ao séc. XIX, assim como o quadro Guernica, de Picasso, exposto desde 1992 no Reina Sofia. As coleções do séc. XIX foram levadas à sede principal do museu, depois da ampliação feita pelo arquiteto Rafael Moneo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Museu Reina Sofia e o Guernica

O Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, seu nome completo, é um dos Museus de Arte Contemporânea mais importante do país.
Sua sede atual localiza-se no antigo Hospital Geral de Madrid, edifício neoclássico do séc. XVIII, bem próximo à estação Atocha. Também conhecido como edifício Sabatini, em homenagem ao arquiteto responsável pela maior parte de sua construção.
Em 1969, o hospital foi fechado e o edifício escapou de ser demolido, após ser decetado Monumento histórico em 1977.
Imagem

O núcleo da coleção é composto de artistas espanhóis de renome internacional, como Picasso, Dali e Miró. Sua coleção inicial se formou com obras de diversas procedências, entre as quais do desaparecido Museu Espanhol de Arte Contemporânea e da coleção de arte do séc. XX do Museu do Prado, que contava com o conjunto de obras de Picasso relacionado com o Guernica.

Imagem

Ícono da arte do séc. XX, este painel pintado a óleo por Pabblo Picasso em 1937, por ocasiao da Exposiçao Internacional de Paris surpreende, inicialmente, por suas dimensoes: 7,82 x 3,50m. Está pintado somente em branco e negro, com uma variedade de tonalidades cinzas. É uma magistral referência do horror produzido pelas guerras, especialmente ao bombardeio sofrido na cidade vasca de Guernica, pela aviaçao alema, durante a Guerra Civil Espanhola. Conta-se que, em 1940, com Paris ocupada pelos nazistas, um oficial alemao, diante de uma foto que reproduzia a obra, perguntou a Picasso se havia sido ele quem tinha feito aquilo. O pintor, entao, teria respondido: “Nao, foram vocês.”

Durante a Segunda Guerra Mundial, o quadro foi transferido para o Museu de Arte Moderna de Nova York, recebendo do pintor a ordem de que a obra somente poderia ser devolvida quando seu país natal fosse uma democracia. Finalmente, em 1981, regressou à Madrid, o que os espanhóis consideram como “O último exilado”.

O museu Reina Sofia foi criado em 1988 e atualmente conta com mais de 20.000 obras, entre quadros, gravados, fotografias, etc, sendo que a exposição permanente do museu corresponde a apenas 5% deste total.

Imagem

São relizadas permanentemente exposições temporais, atividades educativas, seminários, além de possuir uma ampla biblioteca.

Imagem