Centro Histórico de Ciudad Rodrigo

O turista que chega à Ciudad Rodrigo poderá facilmente conhecer seu interessante centro histórico à pé, devido a pouca distância entre suas principais atraçoes. Palácios, praças, monumentos e igrejas contam a história da cidade, e no post de hoje conheceremos alguns deles, como o Palácio Episcopal, situado ao lado da catedral. Apesar da fachada neoclássica…

Navalcarnero – Parte 3

Graças aos interessantes monumentos que possui, a cidade de Navalcarnero foi declarada Bem de Interesse Cultural (BIC). Sua Praça Maior, também chamada Praça Segóvia, é o centro comunitário do povoado. A Praça Maior, de um curioso formato irregular, é um exemplo da denominada Arquitetura Popular Castelhana. Uma parte de seu perímetro está formada por uma…

Colmenar de Oreja – Comunidade de Madrid

A Comunidade de Madrid oferece, como em todas as demais comunidades autônomas de Espanha, uma grande quantidade de povoados (ou pueblos, se preferirem) encantadores. Colmenar de Oreja é um deles. Situado na Comarca de las Vegas, a cerca de 50 km da capital, possui apenas 8.500 habitantes, mas a mediados do séc. XIX chegou a…

Praça Maior de Salamanca

Na Idade Média, as praças das cidades se transformaram no centro da vida social, geralmente devido a sua funçao original como local onde se situava o mercado. Em Salamanca a praça principal estava localizada entre a Catedral e a Universidade, ou seja, entre o centro cultural e religioso. O rebuliço e a frenética movimentaçao existente…

Guadalajara – Parte Final

Com o post de hoje, finalizamos a extensa série dedicada à cidade de Guadalajara. Devido a proximidade com a capital, Guadalajara converteu-se numa espécie de cidade-dormitório, em que muitos habitantes trabalham em Madrid, mas nela vivem. A boa qualidade de vida que apresenta é uma boa opçao para aqueles que buscam um local mais tranquilo…

Ocaña – Segunda Parte

A cidade de Ocaña possui dois monumentos que a tornaram conhecida além de sua fronteira. Um deles é a magnífica Praça Maior (caso eu tivesse conhecido a cidade antes, certamente teria incluído a praça nas matérias recentes sobre as Belas Praças de Espanha…). De estilo neoclássico, foi edificada no séc. XVIII, durante o reinado de…

Belas Praças de Espanha – Parte 5

Neste último post sobre as mais Belas Praças de Espanha, veremos outros exemplares relevantes do urbanismo espanhol, bem como seu processo de formação. Didaticamente falando, se pode classificar as Praças Maiores, no que se refere ao seu aspecto construtivo, em dois tipos. Nas denominadas Programadas, a construção responde a um projeto concreto e predeterminado e,…

Belas Praças de Espanha – Parte 4

Algumas das mais belas Praças de Espanha conservam ainda seu caráter tipicamente medieval. No post de hoje, conheceremos várias delas. Situada na província de Ciudade Real (Castilla-La Mancha), a cidade de Villanueva de los Infantes é considerada Conjunto Histórico-Artístico, e o centro da vila está delimitado pela Praça Maior, presidida pela Igreja de San Andrés….

Belas Praças de Espanha – Parte 3

Além das funções originais como mercado e da localização de edifícios públicos, as Praças Maiores também foram os locais preferidos para solenidades e festividades, algumas das quais felizmente já não existem, como os autos de fé praticados pelo Tribunal da Inquisição (principalmente no que se refere à sua parte solene, pois os réus eram executados…

Belas Praças de Espanha – Segunda Parte

As origens das Praças Maiores não são claras até o final da Idade Média. Com o passar dos séculos, apareceu uma grande variedade de estilos, desde praças renascentistas até barrocas ou neoclássicas. Apesar disso, a Praça Maior típica, de formato regular e planejado, conta com determinadas características comuns, que a diferencia de outros tipos de…