Os Pueblos mais Belos de Espanha: Parte 3

Localizada no sul da Espanha, a Comunidade de Andalucía é uma das regiões mais fascinantes do território espanhol, com uma infinidade de locais interessantes para se conhecer. Sevilha, Granada, Córdoba, Málaga, Cádiz, Jaén, etc constituem algumas de suas cidades mais conhecidas, com uma proposta cultural das mais atrativas e uma riqueza histórica incrível. Além do mais, a comunidade se orgulha de possuir alguns dos mais belos Pueblos do país. Como característica comum a todos eles, suas casinhas brancas, que embelezam a paisagem urbana. Neste terceiro post da série, veremos alguns dos mais bonitos, começando por Ronda (matérias publicadas entre 4/11 e 25/11/2014), situada na Província de Málaga. Com 35 mil habitantes, a cidade possui uma localização espetacular…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA ponte que vence o relevo escarpado é um de seus cartões postais mais famosos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERARonda possui também uma grande tradição taurina, representada por sua histórica Praça de Touros e berço de alguns dos nomes mais famosos do mundo dos touros. Uma visita a sua emblemática praça permite contemplar exibições de sua também famosa escola equestre…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, um pequeno detalhe da bela Ronda

OLYMPUS DIGITAL CAMERADa mesma forma que Ronda, Arcos de la Frontera (posts publicados em 21, 22 e 23/3/2016) situ-se num local privilegiado, no alto de uma grande rocha. Com pouco mais de 30 mil habitantes, faz parte da Província de Cádiz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecer o povoado exige boa forma física, mas o esforço compensa…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da Província de Jaén encontramos dois povoados maravilhosos, Úbeda e Baeza. Ambas foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco, graças a importância de suas construções renascentistas. Abaixo, vemos algumas imagens de Baeza (6/5 a 17/5/2015)…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA paisagem que circunda a cidade é propícia para a prática esportiva e o caminhar relaxado…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAÚbeda (18/5 a 28/5/2015) possui uma das mais belas praças do país, com uma riqueza monumental impressionante…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecer o interior de suas igrejas é obrigatório, tamanha a beleza e quantidade de seu conjunto artístico…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Igrejas de Jaén

Jaén possui belas igrejas por seu centro histórico, e sua visita é recomendável numa viagem à cidade andaluza. A Igreja de la Magdalena, por exemplo, siua-se na praça homônima, a mais antiga da cidade. Já durante a época árabe, o local era o coraçao religioso e administrativo de Jaén. Depois de reconquistada pelos cristaos, a praça tornou-se a principal, nela instalando-se a Casa Consistorial e a Paróquia de la Magdalena, entre os séculos XV e XVI.

DSC00134 O templo foi erguido sobre uma mesquita do séc. XI, cujo minarete e pátio desta época se conservam anexos à igreja. Por isso mesmo, possui uma peculiar disposiçao, cujas reminiscências vemos no pátio mencionado.

DSC00125DSC00129Do pátio, existe uma belíssima vista do Castelo de Santa Catalina, que vimos no post anterior.

DSC00126A torre da igreja está relacionada com o antigo minarete da mesquita…

DSC00116Está documentada a participaçao do grande arquiteto Andrés de Vandelvira em sua construçao, responsável por tantas obras pela Província de Jaén. Na fachada da igreja, realizada no estilo gótico-isabelino, vemos o relevo de Madalena, bastante deteriorado com o passar dos séculos e um escudo do Cardeal Merino.

DSC00117Atualmente, a igreja pertence à Confraria do Cristo de la Clemencia, e algumas imagens do interior sao usadas nas procissoes na Semana Santa.

DSC00131DSC00136Outro templo religioso de interesse é o Real Convento de Santo Domingo, construído no séc. XVI. Foi edificado sobre um anigo palácio árabe, cedido depois à Ordem Dominicana.

DSC00141A fachada, que vemos acima, foi realizada em 1582. Depois, o convento tornou-se uma universidade e, em 1847, num hospício. Possui um magnífico pátio a modo de claustro de dois níveis e planta quadrada.

DSC00145DSC00146DSC00147A igreja do convento foi fechada ao culto e hoje em dia o espaço é  a sede do riquíssimo Arquivo Histórico da Província de Jaén.

DSC00148

Jaén – Comunidade de Andalucía

Depois de visitar as cidades de Úbeda e Baeza, que vimos recentemente no blog, fui conhecer Jaén, a capital da província homônima. A cidade está situada aos pés do Cerro de Santa Catalina, local onde se situa o castelo, que em breve veremos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADo alto do cerro, as vistas desta cidade de 120 mil habitantes sao impressionantes, com destaque para sua maravilhosa catedral renascentista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAo redor da cidade, sao abundantes os cultivos de olivas, sendo que a província é considerada a maior produtora mundial de azeite de oliva. Por isso mesmo, Jaén recebeu o título da Capital Mundial do Azeite de Oliva. Desde 1983, se realiza periodicamente a Bienal Expoliva, uma feira internacional que tornou-se uma referência  no setor deste produto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADevido à sua localizaçao, a cidade sempre teve uma grande importância estratégica e em seu núcleo urbano foram encontrados vários dos assentamentos humanos mais antigos do continente europeu. O museu da cidade, por exemplo, conta com uma excepcional coleçao de Arte Ibérico, das melhores do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante a época árabe, teve um papel destacado, quando entao se denominava Jayyan. Reconquistada pelo rei Fernando III em 1246, a partir de entao passou a ser um território de fronteira com o Reino Árabe de Granada. A sede episcopal é trazida desde Baeza á cidade de Jaén e o rei Enrique II lhe concede o título de “Muy Noble y Leal Ciudad, Guarda y Defensa del Reino de Castilla”.

DSC00152A famosa Batalha de Navas de Tolosa, que supôs um momento chave na disputa entre cristaos e árabes na península, ocorreu na Província de Jaén. Por isso mesmo, gozou de privilégios reais. Após a definitiva conquista do Reino de Granada em 1492, passou por um período de grande desenvolvimento cultural, social e militar, acolhendo os Reis Católicos em várias ocasioes. Em uma delas, Isabel la Católica decidiu patrocinar as viagens de Cristóvao Colombo, fato que desencadeou na descoberta do continente americano. Abaixo, vemos uma das portas da antiga muralha da cidade, e uma das inúmeras fontes históricas existentes em sua paisagem urbana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAComo aconteceu com muitas outras cidades do país, a cidade entrou numa etapa decadente, da qual se recuperaria somente em pleno séc. XX. Durante a Guerra Civil Espanhola, foi bombardeada pela Legiao Condor da Alemanha nazista. Ainda se conserva um dos refúgios antiaéreos daquele triste acontecimento.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a cidade busca no incipiente turismo uma alternativa econômica para a difícil crise econômica que atravessa. Abaixo, vemos a linha construída para o bonde, aqui chamado de tranvía, mas cujo alto custo de instalaçao impediu a completa ativaçao do serviço,  que permanece, de momento, abandonado. Em alguns lugares, os carros estacionam em plena via…

DSC00230DSC00228Apesar dos problemas, Jaén é uma cidade que possui inúmeras atraçoes. Abaixo, vemos uma de suas ruas principais, chamada Bernabe Soriano, situada bem no centro.

DSC00186Jaén possui belas áreas verdes, ideais para descansar depois de um tour pela cidade.

DSC00225DSC00223Nos próximos posts vocês verao que a cidade tem muito a oferecer, e que merece ser conhecida…

Colegiata de Santa Maria – Úbeda

Nao bastasse seus magníficos edifícios públicos e a Sacra Capela do Salvador do Mundo, na Plaza de Vázquez de Molina situa-se também o templo mais importante de Úbeda, a Colegiata de Santa María de los Alcázares. A igreja ocupa o mesmo local da antiga mesquita da cidade. Depois de reconquistada em 1234 por Fernando III, transformou-se em templo católico, como tantas vezes ocorreu na história espanhola.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde o séc. XIV, a igreja sofreu inúmeras reformas, motivo pelo qual carece de unidade arquitetônica. Seu aspecto original possuía um caráter de fortaleza, estando adossada aos muros do antigo Alcázar, derrubado pelos Reis Católicos no séc. XV. No século seguinte, foram realizadas as reformas mais importantes do templo, que lhe conferiram a forma que vemos atualmente. A fachada principal, que vemos acima, possui duas colunas de estilo coríntio de cada lado. Em sua parte central, vemos as estátuas de Isaías e Moisés e o grande relevo representando a Adoraçao dos Pastores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1888, foram construídas as duas espaldanas (estrutura superior da fachada principal, que vemos na primeira foto acima), que substituiram a primitiva torre campanário. A outra porta da Colegiata de Santa Maria chama-se Portada de la Consolada, com destaque para uma imagem da Virgem Maria e o Menino Jesus, acompanhada pelo escudo do bispo Sancho De Ávila, promotor das reformas do templo no séc. XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior está composto por 5 naves separadas por Arcos Ojivais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Coro desapareceu na Guerra Civil e das 32 capelas existentes, se conservam 16. A mais importante é a Capela Maior, local em que, segundo a tradiçao, foi realizada a primeira missa na cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA capela está presidida pelo Cristo dos 4 Cravos, uma imagem do séc. XV realizada numa postura retorcida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa cúpula, de estilo barroco, vemos representados os 4 Evangelistas em cada uma de suas esquinas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA denominada Capela de Yedra é a segunda em importância, depois da Capela Maior. O seu destaque fica por conta da excepcional reja policromada. Nela, observamos cenas como o abraço entre Sao Joaquim e Santa Ana, acompanhados por anjos e pastores. Na parte superior, vemos a Árvore de Jessé, que nos mostra a Genealogia de Cristo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Capela Batismal, podemos contemplar uma Pia Batismal gótico-mudéjar do séc. XV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra capela interessante é a do Cristo da Caída, com uma escultura de um dos grandes artistas do séc. XX na Espanha, Mariano Benlliure.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA porta de acesso à Sacristia fazia parte da antiga Capela de la Merced. Esta belíssima porta possui duas partes. A superior é gótica, com um grande Arco Conopial e as imagens de Sao Joao, Sao Paulo e a Virgem. A Inferior é barroca, com uma Arco de Meio Ponto e um tímpano decorado com um relevo do Escudo da Colegiata.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa sequência, uma foto da Sacristia

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro elemento destacável é o Claustro Gótico. De finais do séc. XV., possui um curioso formato de trapézio irregular. Ao seu redor, se abrem várias capelas funerárias e um pátio, parte integrante da antiga mesquita.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACom esta matéria, finalizo a “viagem” às cidades irmas de Baeza e Úbeda, mas a Província de Jaén ainda nos reserva muitas surpresas, como sua capital provincial, que em breve veremos no blog. Como dizem os espanhóis, un saludo a todos (as) que visitam o blog, até a próxima !!!!!.

Sacra Capela do Salvador do Mundo – Parte 2

Completando a matéria sobre a magnífica Sacra Capela do Salvador do Mundo de Úbeda, hoje veremos seu interior, tao surpreendente quanto sua parte exterior. Sua planta recorda os desenhos do teórico italiano Francesco de Giorgio, que concebia as proporçoes do corpo humano com as do edifício. A nave central, cercada por 3 capelas de cada lado, foi inspirada nas Basílicas Paleocristianas, pertencentes às primeiras épocas do cristianismo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs capelas albergavam maravilhosas obras de arte ( sao mencionados quadros de Ticiano, Rafael, etc) e que foram destruídos durante a Guerra Civil ou entao levados para outros lugares. Convém explicar que Francisco de los Cobos foi um grande colecionador de obras artísticas. O órgao neoclássico, que vemos acima e abaixo, foi construído em 1795.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA cabeceira circular, coberta por uma esplendorosa cúpula, segue o modelo do Panteao de Roma.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos os belíssimos detalhes decorativos da cúpula….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA nave central está separada da cabeceira por uma reja de bronze, por si só uma excepcional obra de arte. As rejas, tao comuns nos templos espanhóis, sao como uma espécie de portao que fecham as capelas ou entao o altar maior. A da Sacra Capela foi realizada em 1555.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO espaço que compreende o altar maior está formado por 3 arcos, separados por colunas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua parte central exibe um maravilhoso grupo escultórico sobre a Transfiguraçao de Cristo, realizado por Alonso de Berruguete em 1559.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Retábulo Central custodiava uma escultura de Sao Joao Batista, realizada pelo genial Miquelângelo e destroçada durante a Guerra Civil. Depois de passar por um processo de restauraçao em Florença, atualmente podemos admirá-la no Museu do Prado. A ambos lados do retábulo central, vemos dois retábulos barrocos do séc. XVIII, um deles dedicado a Virgem Maria

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAE outro representando a Sao José

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs dois retábulos laterais foram concebidos pelo artista Agustín Jurado, e contam com uma decoraçao escultórica rococó.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sacra Capela do Salvador do Mundo – Úbeda

A maravilhosa Plaza  Vázquez de Molina de Úbeda está presidida por um belíssimo templo, a Sacra Capela do Salvador do Mundo. Concebida como uma capela funerária para Francisco de los Cobos, é considerada uma das melhores obras do Renascimento Espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO encarregado de sua construçao foi o grande arquiteto Diego de Siloé, que se inspirou no modelo da Catedral de Granada, que também estava sob sua responsabilidade. Por este motivo, teve que abandonar o projeto de construçao da Sacra Capela, sendo substituído por Andrés de Vandelvira e Alonso Ruiz, que prosseguiram com o plano original de Siloé. O templo foi concebido mediante princípios humanistas, através da combinaçao de formas geométricas puras, como o círculo e o retângulo. Sua fachada principal é uma das mais ricas do Renascimento em Espanha quanto ao conteúdo simbólico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERARealizada pelo francês Esteban Jamete, apresenta uma complexa mensagem escultórica, associada a morte e a ressureiçao, combinando episódios do Velho e do Novo Testamento com elementos da tradiçao Clássica. A fachada está composta por 3 níveis, com uma estrutura triangular no topo, que vemos acima. Em sua parte inferior, vemos os Deuses Olímpicos no interior do arco e uma escultura de Cupido no centro. Ao lado, figuras humanas representam a Fé e a Justiça, acompanhadas por anjos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte central, um relevo representa a Transfiguraçao de Cristo e, nas laterais, as figuras de Sao Paulo e Santo André (que vemos melhor na primeira foto acima).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFrancisco de los Cobos é representado com seu escudo. Ao lado, aparece uma escultura de Hércules, referência ao Imperador Carlos I e à origem divina da Monarquia Espanhola. Na parte inferior do escudo aparecem defuntos saindo da tumba, lembrando o caráter funerário da construçao.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo terceiro corpo da fachada, janelas triplas foram colocadas como uma alusao à Santíssima Trindade. Abaixo, vemos a portada lateral, construída por Andrés de Vandelvira.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte superior da porta estao representados três figuras. A do lado esquerdo representa a Religiao Católica (com um homem segurando a cruz) e da direita a Tradiçao Judaica (uma figura com as Tábuas da Lei). No centro aparece o Menino da Ressureiçao. Justo embaixo, um frontao triangular composto por uma mae romana acompanhada de três crianças simbolizam a caridade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANos retângulos, vemos as esculturas de Sao Marcos no centro, Sao Joao Batista (D) e Sao Joao Evangelista (E). Nas laterais, duas figuras humanas representando a Fortaleza (E) e a Moderaçao (D). Esta rica simbologia presente na parte externa da Sacra Capela do Salvador do Mundo é um convite à contemplaçao. O interior é magnífico, como podemos observar na Sacristia, realizada por Andrés de Vandelvira em 1540.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO espaço é bem iluminado, graças aos vaos abertos na parte superior da sacristia. A decoraçao escultórica é igualmente impressionante, também realizada por Esteban Jamete. Nos suportes das colunas aparecem atlantes e cariátides.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, veremos o deslumbrante interior da igreja, nao percam !!!!.

Plaza Vázquez de Molina – Úbeda

A Plaza  Vázquez de Molina é, inegavelmente, uma das praças mais belas, nao só de Espanha, como de toda a Europa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERASua monumentalidade e o conjunto renascentista que podemos contemplar foram os responsáveis, em grande medida, do título de Patrimônio da Humanidade outorgado à Úbeda pela Unesco. O lugar é de uma beleza indescriptível e as fotos, por si só, nao sao capazes de expressar sua magnificência.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA praça está composta por muitos dos edificios e construçoes mais importantes da cidade. O Palácio de Vázquez de Molina, cujo proprietário deu o nome à praça, é um deles.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAD.Juan Vázquez de Molina foi o secretário de estado do rei Felipe II. Como nao teve filhos, cedeu parte de seu palácio à Ordem de Santo Domingo para que o transformasse em convento. Com a Desamortizaçao de Mendizábal de 1836, as freiras foram expulsas e o edifício tornou-se sede da prefeitura de Úbeda em 1873.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO palácio foi construído pelo arquiteto Andrés de Vandelvira entre 1540 e 1560, num momento em que o Renascimento Espanhol finalmente assentou-se de forma definitiva no território peninsular. Por este motivo observamos a grande influência italiana na horizontalidade e elegância de sua fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA entrada ao edifício se dá pelo lado oposto à praça e seu interior é tao bonito quanto seu aspecto exterior. O destaque fica por conta do pátio e a escada de acesso ao nível superior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERATambém construído por Andrés de Vandelvira no séc. XVI, o Palácio do Deán Ortega foi convertido em 1930 num Parador Nacional, um dos primeiros do país. A predominância da horizontalidade e a sobriedade decorativa sao suas principais características.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra construçao relevante da praça é o Hospital de los Honrados Viejos del Salvador, fundado no final do séc. XIV para acolher a pobres e doentes. Reformado por Andrés de Vandelvira no séc. XVI, funcionou como centro assistencial até 1821.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém destes edifícios de caráter civil, na Plaza Vázquez de Molina situam-se dois dos templos religiosos mais conhecidos e importantes de Úbeda, a Colegiata de Santa Maria dos Alcázares e a Sacra Capela do Salvador do Mundo, ambas maravilhosas e que servirao de tema para os próximos posts.