Os Pueblos mais Belos de Espanha: Parte 3

Localizada no sul da Espanha, a Comunidade de Andalucía é uma das regiões mais fascinantes do território espanhol, com uma infinidade de locais interessantes para se conhecer. Sevilha, Granada, Córdoba, Málaga, Cádiz, Jaén, etc constituem algumas de suas cidades mais conhecidas, com uma proposta cultural das mais atrativas e uma riqueza histórica incrível. Além do mais, a comunidade se orgulha de possuir alguns dos mais belos Pueblos do país. Como característica comum a todos eles, suas casinhas brancas, que embelezam a paisagem urbana. Neste terceiro post da série, veremos alguns dos mais bonitos, começando por Ronda (matérias publicadas entre 4/11 e 25/11/2014), situada na Província de Málaga. Com 35 mil habitantes, a cidade possui uma localização espetacular…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA ponte que vence o relevo escarpado é um de seus cartões postais mais famosos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERARonda possui também uma grande tradição taurina, representada por sua histórica Praça de Touros e berço de alguns dos nomes mais famosos do mundo dos touros. Uma visita a sua emblemática praça permite contemplar exibições de sua também famosa escola equestre…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, um pequeno detalhe da bela Ronda

OLYMPUS DIGITAL CAMERADa mesma forma que Ronda, Arcos de la Frontera (posts publicados em 21, 22 e 23/3/2016) situ-se num local privilegiado, no alto de uma grande rocha. Com pouco mais de 30 mil habitantes, faz parte da Província de Cádiz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecer o povoado exige boa forma física, mas o esforço compensa…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da Província de Jaén encontramos dois povoados maravilhosos, Úbeda e Baeza. Ambas foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco, graças a importância de suas construções renascentistas. Abaixo, vemos algumas imagens de Baeza (6/5 a 17/5/2015)…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA paisagem que circunda a cidade é propícia para a prática esportiva e o caminhar relaxado…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAÚbeda (18/5 a 28/5/2015) possui uma das mais belas praças do país, com uma riqueza monumental impressionante…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecer o interior de suas igrejas é obrigatório, tamanha a beleza e quantidade de seu conjunto artístico…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Último Passeio por Antequera

Definitivamente, Antequera merece o adjetivo de monumental, graças ao seu imenso patrimônio histórico e artístico, como pudemos ver nesta série de posts. Muitos outros lugares da cidade não tive a oportunidade de conhecer, por falta de tempo. Mas no último passeio que realizei pela cidade, pude visitar  outros locais interessantes, como sua bela Praça de Touros.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO espetáculo taurino mais antigo celebrado na cidade de que se tem notícia ocorreu em 1509, na Praça de San Sebastián. A antiga Praça de Touros, chamada de San Francisco, acolheu as corridas realizadas até mediados do séc. XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO atual coso taurino, como muitas vezes se designa a Praça de Touros, foi inaugurado em 1848. Em 1984, uma ampla reforma que durou duas décadas, fez com que adquirisse o aspecto de uma praça andaluza de finais do séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Praça de Touros de Antequera possui um interessante Museu Taurino inaugurado em 1986 e um curioso restaurante.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO calendário festivo da cidade é intenso, destacando a Semana Santa, com várias procissões onde o fervor religioso da cidade pode ser observado. Um monumento às festas realizadas neste período embeleza uma de suas ruas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntequera possui um patrimônio religioso invejável, com igrejas e conventos de uma beleza inigualável. Muitos ainda são frequentados por freiras de clausura, enquanto outros foram transformados em centros culturais. O antigo Convento de Santa Clara, fundado por monjas Clarissas pertencentes à Ordem Franciscana em 1603 é um exemplo. Desde 2009, é utilizado como local em que se pode ver exposições e varias atividades culturais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Real Monastério de San Zoilo, declarado Bem de Interesse Cultural, sedia atualmente a Biblioteca Municipal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConsiderado um dos monumentos mais antigos preservados da cidade, sua construção foi ordenada pela rainha Isabel La Católica em 1500. Em 1515 finalizaram-se as obras, cujo projeto foi realizado pelo arquiteto toledano Enrique Egas. Do que foi o extenso convento franciscano, se conserva a igreja e o importante claustro gótico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO claustro se compõe por dois níveis de galerias. Originalmente as colunas, feitas de arenito, estavam decoradas com capitéis historiados. No começo do séc. XVIII foram substituídas pelas que se conservam hoje em dia, de Ordem Toscano e talhadas em pedra calcária vermelha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a escada de acesso ao nível superior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO claustro do Real Monastério de San Zoilo pode ser visitado a partir da bela Praça de Plácido Fernández Viagas, que vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara recuperar do esforço de caminhar durante vários dias, nada melhor que um bom vinho e uma saborosa comida local. Num dos restaurantes em que estive, vi uma enorme maquete da cidade, totalmente feita à mão. Com 24 metros quadrados e 15 anos de trabalho, é considerada a maior da Espanha, representando uma cidade no séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVoltei a Madrid com a esperança de retornar a esta encantadora cidade da Província de Málaga algum dia, porque Antequera merece ser visitada várias vezes. Motivos não faltam…

Palácios de Antequera

A partir do séc. XVI, além da grande quantidade de instituições religiosas que se assentaram em Antequera, começaram a ser construídos também inúmeros palácios para a nobreza local. Neste post, veremos alguns deles. O Palácio dos Marqueses de la Peña de los Enamorados foi erguido a partir de 1574.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAModelo de fortaleza urbana, caracteriza-se pela austeridade de sua fachada exterior, com duas torres que servem de mirante nas esquinas do palácio. Apresenta um certo aspecto de construção mudéjar. Durante sua visita à cidade em 1862, a rainha Isabel II e o então Príncipe de Astúrias Alfonso XII se hospedaram neste palácio. No séc. XX, passou por uma grande reforma e ampliação para tornar-se a sede de um colégio interno dos padres carmelitas. No interior, vemos um belo pátio formado por colunas toscanas, reformado durante as últimas obras de restauração, e uma fonte central.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO séc. XVIII foi um período de grande atividade construtiva para as classes elitistas de Antequera, e muitos palácios foram sendo levantados. A Casa de Don Trinidad de Rojas, historiador e poeta da cidade, foi erguida nos primeiros anos do século. Possui três andares, cada qual com suas respectivas janelas. Os vãos do térreo e do andar principal foram adornados com frontoes triangulares característicos da arquitetura civil da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos mais importantes Palácios de Antequera pertenceu ao Marquês de Villadarías. Construído entre 1711 e 1716, destaca-se pela monumentalidade e tamanho de sua fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua construção foi ordenada por D.Francisco del Castillo y Fajardo, capitão geral do exército de Andalucía e Valencia durante o reinado de Felipe V, e condecorado com o título de Marquês de Villadarías. Em suas dependências foram acolhidos diversos personagens reais, como o próprio Felipe V, Fernando VI e o francês José Bonaparte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANuma das vezes que passei diante do edifício, encontrei a porta aberta e pude olhar rapidamente pelo grande pátio de colunas do interior e tirar algumas fotos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADe 1715 é o Palácio do Marquês de Villanueva del Castillo. Apesar do nome, foi construído pelo Marquês de Santisteban, cujo escudo vemos na fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPosteriormente, foi adquirido pelo Marquês de Villanueva. A fachada se caracteriza pelo emprego do tijolo e da pedra calcária, que decora a porta e o andar principal do palácio. Cada andar da estrutura possui menor altura que o imediatamente inferior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém feito de tijolo e pedra calcária, a Casa do Barão de Sabasona foi levantada entre 1722 e 1724. Com 5 eixos e três andares, foi projetado pelo arquiteto Alejandro José de Vegas. Como elemento decorativo principal vemos os frontoes, que ao invés de serem triangulares como de costume, adotou o Arco Conopial, típico da arquitetura gótica. Depois que a família proprietária abandonou o palácio, foi utilizado com várias finalidades e atualmente está ocupado por um colégio público.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizamos a matéria com um palácio que, provavelmente, foi completamente reformado, adquirindo um aspecto moderno. Mas esta afirmação é mera suposição, pois não consegui encontrar nenhum dado sobre o imóvel….

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Museu de Antequera

No post de hoje conheceremos o interessantíssimo Museu de Antequera, uma das principais instituições culturais, não só da cidade, como de toda a Comunidade de Andalucía. Sua origem situa-se no antigo Museu Arqueológico Municipal, criado em 1908. Em 1966, o Museu Municipal foi levado ao Palácio de Nájera, sua atual localização.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA importância do museu se comprova pela elevada qualidade artística das obras expostas, seu excelente estado de conservação e a variedade histórica  das peças arqueológicas, pinturas e esculturas de seu acervo permanente. Depois de uma ampla reforma realizada em 2009, o museu conta com 5 mil metros quadrados de área construída, e seu acervo está dividido em 20 salas expositivas, realizada de forma cronológica. Veremos, pois, algumas das obras mais relevantes do Museu de Antequera. O período romano está muito bem documentado, com algumas obras únicas a nível nacional. Um exemplo é o monumental mausoléu pertencente à família de Acilla Plecusa, uma das mais influentes da época. Datada do séc. II dC, esta tumba familiar é do tipo “columbário“, sendo que as urnas funerárias eram colocadas na parte lateral da estrutura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos maiores tesouros do patrimônio romano espanhol encontra-se exposto no museu. Trata-se do Éfebo de Antequera, uma estátua de bronze do séc.I dC inspirada no original grego. Para muitos estudiosos, é considerada a escultura romana mais bela do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra obra de importância fundamental é a Vênus de Antequera (séc.II dC),  uma das representações mais belas da Deusa do Amor, esculpida em mármore grego.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm relação à Arte Sacra, o Museu de Antequera possui obras notáveis, como a escultura da madeira policromada de São Francisco de Assis, realizada pelo grande Pedro de Mena (1628/1688) em 1663. Originalmente, a peça foi talhada para a Catedral de Toledo, e descreve visão que o Papa Nicolás V teve ao contemplar a múmia do santo em sua visita à cripta de Assis: de pé, olhando ao céu, com as mãos ocultas nas mangas, descalço e com os estigmas nos pés e no costado. Por este motivo, a escultura possui um grande naturalismo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém de madeira é a escultura de Santa Eufemia, padroeira da cidade de Antequera, anônima do séc. XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir vemos uma escultura de São José com o Menino Jesus, anônima do séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInúmeras e de qualidade são as esculturas religiosas existentes no acervo do museu…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das peças mais singulares é esta Pia Batismal do séc. XV, feita de barro e vidro de cor verde no estilo mudéjar renascentista, uma das poucas que se conservam em todo o país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte pictórica, destaca a presença de alguns pintores antequeranos de grande maestria, como José María Fernández (1881/1947), que doou a maior parte de suas obras ao museu. Abaixo, vemos uma das salas, dedicada à pintura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVerdadeiramente curiosa é a obra do artista Cristóbal Toral, caracterizada por sua obsessão pelas malas de viagem, como podemos ver, tanto nas esculturas, como nos quadros que realizou.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACristóbal Toral iniciou sua formação na Escola de Artes e Ofícios de Antequera e completou seus estudos na Real Academia de San Fernando de Madrid. Em 1975, participou na Bienal de São Paulo. Abaixo, vemos sua singular interpretação do famoso quadro de Velázquez, “Las Meninas“, em que os personagens foram substituídos pelas maletas….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas dependências do museu constituem, por si só, verdadeiras obras de arte, como vemos na imagem abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Plaza del Coso Viejo – Antequera

Na matéria de hoje veremos um dos lugares mais belos da parte baixa de Antequera, a Plaza del Coso Viejo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntigamente se chamava Praça das Verduras, graças aos mercados ao ar livre que nela se realizavam.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Plaza del Coso Viejo possui várias construções de interesse, acolhendo templos religiosos importantes, assim como palácios que serviram de residência para os nobres da cidade. O Convento de Santa Catalina de Siena, por exemplo, pertence à Ordem Dominicana e sua igreja foi construída entre 1724 e 1735.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente ao convento, o antigo Palácio de Nájera, erguido entre os séculos XVI e XVIII. Atualmente, é a sede de uma das principais instituições culturais da cidade, o Museu de Antequera (que veremos no próximo post).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo elementos de destaque do palácio, a porta é do período inicial de sua construção, no séc. XVI. Já a esbelta torre foi levantada posteriormente, no séc. XVIII. No interior, existe um belo pátio em forma de claustro, composto por 4 galerias sustentadas por colunas toscanas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO centro da praça está presidido por uma estátua equestre do Infante D.Fernando de Antequera, conquistador da cidade, e realizada em 2002 pelo artista Jesús Gavira Alba.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo se não bastasse tanta beleza, na praça podemos contemplar também a Fonte dos 4 Elementos

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAs luminárias dão um toque romântico e um charme especial a esta praça da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Antequera – Cidade das Igrejas

Antequera é um exemplo perfeito do que se costuma denominar Cidade Conventual, devido ao grande número de monastérios e conventos que foram construídos a partir do séc. XVI. Nesta época, passa a ser conhecida como a Cidade das Igrejas, quando foram edificados vários templos para as distintas ordens religiosas que se estabeleceram. A Igreja de Santa María de Jesús é uma delas. Foi construída a partir de 1527 como igreja conventual da Ordem Terceira de São Francisco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar de sua sobriedade exterior, o interior da igreja é belíssimo, como em todas as igrejas da cidade que pude visitar. O destaque fica por conta da Capela Maior, composta por três belos retábulos. O central está dedicado à Virgem do Socorro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste retábulo foi realizado em 1725 por um mestre antequerano, Antonio Ribera. Abaixo, vemos outra foto dos retábulos e a cúpula pintada existente sobre a Capela Maior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUma imagem muito venerada é a de Jesus Nazareno, que vemos a seguir…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANas antigas dependências conventuais funciona o Museu das Confrarias. O séc. XVIII, pertencente ao barroco, foi uma etapa de grande pujança para Antequera, e deste período corresponde a maior parte do patrimônio artístico e histórico existente. A cidade transforma-se num grande centro produtor de retábulos de enorme qualidade artística. Em alguns pontos da cidade, podemos contemplar curiosas capelas, construídas neste momento. A denominada Capela-Tribuna da Virgem do Socorro situa-se ao lado da Igreja de Santa María de Jesús, formando um dos conjuntos mais interessantes da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta capela aberta foi originalmente construída em 1715 como um ponto de parada ritual, junto a outras que existem na cidade, para o trajeto da procissão da sexta-feira santa das Confrarias de Santa Cruz de Jerusalém e de Nossa Senhora do Socorro, com sede canônica na Igreja de Santa María de Jesús. O estilo da capela é o Barroco-Mudéjar, com o predomínio do tijolo e da pedra calcária como materiais construtivos. Na parte superior foi colocado uma imagem da Virgem do Socorro para a veneração popular. Inspirada na capela acima, a Capela da Cruz Blanca  é de 1774, e também faz parte da rota da procissão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra instituição religiosa de grande interesse é o Convento de Belén. Desde sua fundação em 1640 até a Desamortização de Mendizábal, ocorrida em 1836, funcionou como Convento da Ordem dos Carmelitas Descalços. A partir de 1859, passou a receber freiras da Ordem Clarissa. Exemplo de construção maneirista e um modelo característico dos conventos castelhanos do séc. XVII. Os três corpos de sua fachada oferecem uma sensação de harmonia e uma perfeita combinação de pedra e tijolo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA planta interior foi realizada por Tomás de Melgarejo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMaravilhosa é a decoração feita de gesso por Francisco Asensio Carrizo em 1704, que podemos observar por toda a estrutura do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a Capela Maior

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO órgão é de 1791…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADentre as inúmeras obras de arte que adornam o interior, me chamou a atenção um quadro de procedência mexicana. Do séc. XVII, representa a Virgem das Sete Dores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe fato, a arquitetura religiosa em Antequera é quantitativa e qualitativamente imensa, e as obras artísticas que acolhem, de uma grande riqueza e variedade. Nesta matéria, vimos uma pequena mostra de seu patrimônio religioso.

Igreja do Carmen – Antequera

O séc. XVII representou um período difícil para Antequera, com catástrofes e epidemias que ocasionaram uma grande perda populacional. No entanto, a cidade ganhou alguns de seus monumentos mais representativos, como a Igreja do Carmen, um lugar de visita obrigatória num passeio por esta cidade andaluza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja localiza-se num ponto elevado, com magníficas vistas do entorno.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO templo é a única parte sobrevivente do antigo Convento das Carmelitas Descalças, edificado a partir de 1585 e finalizado em 1633. Em 1833, devido seu péssimo estado de conservação, o convento foi demolido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua simplicidade exterior, na qual destaca a portada de Ordem Toscana, foi realizada em 1609 e não anuncia a exuberância decorativa do interior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe fato, quando entramos para conhecer a igreja, não podemos imaginar as maravilhas que se encontram dentro de sua ampla nave, consideradas obras primas do Barroco na Andalucía.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte lateral da nave existem várias capelas belíssimas, com uma preciosa decoração.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPorém, o que realmente tornou famosa esta igreja é a excepcionalidade da Capela Maior, e seu impressionante retábulo talhado em madeira de pino vermelho, uma obra espetacular.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste retábulo está composto por 52 esculturas de madeira policromada que representam uma magistral exaltação barroca da Ordem Carmelita e uma peça singular da Arte Andaluza. Executado em torno a 1747 por Antonio Primo de la Rosa, as esculturas são de autoria de José de Medina e Diego Márquez y Vega. O centro do retábulo está presidido pela imagem da Virgem do Carmen, realizada por José de Medina.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA parte superior da Capela Maior foi pintada no estilo maneirista com elementos decorativos feitos de gesso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO teto da nave central foi coberto por um incrível artesanato mudéjar, realizado em 1614.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte superior dos muros, vários quadros embelezam ainda mais a igreja…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos quadros mais importantes, anônimo do séc. XVII, representa o episódio do Antigo Testamento conhecido como a Escada de Jacó, em que o próprio descansa numa pedra e sonha com uma escada, pela qual sobem e descem anjos. A escada indica os passos que a alma deve seguir para atingir uma união perfeita com Deus. Cada degrau corresponde a uma sucessão de estados espirituais. Ao final da escada, aparece a Santíssima Trindade e a Virgem Maria, que serve de intermediária entre Deus e os seres humanos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizamos mostrando alguns belos detalhes deste templo que merece ser mais conhecido e valorizado, pois acolhe obras verdadeiramente excepcionais do Barroco Espanhol

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA