Hospital del Rey – Burgos

Nossa viagem por Castilla y León iniciou e finalizou-se em Burgos, capital da província homônima, e uma das cidades mais importantes do norte da Espanha. Estivemos dois dias na cidade, alugamos um carro para percorrer a Comarca de Las Merindades, e a ela retornamos para tomar um ônibus a Madrid.  Burgos foi o tema de uma série de várias matérias publicadas entre 28/9/2015 e 1/11/2015, quando publiquei posts relativos aos monumentos históricos mais importantes da cidade castelhana. Desta vez, pude mostrar a cidade a meu irmão Marcelo, e ainda conhecer lugares que não conhecia.

20150725_201436Burgos é uma das cidades fundamentais do Caminho Francês, o mais popular e famoso dos Caminhos que levam à Santiago de Compostela. Na Idade Média, o fluxo de peregrinos era intenso, de forma que foi necessária a construção de centros assistenciais para auxiliar àqueles que realizavam o caminho. Um dos mais importantes de toda a rota jacobea, o Hospital del Rey encontra-se na saída da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste hospital foi fundado pelo Rei Alfonso VIII de Castilla e por sua esposa Leonor no ano de 1195. Sua construção reflete a importância de Burgos na Idade Média, e desde sua fundação até o século passado esteve governado pelo Real Monastério de las Huelgas, situado próximo ao hospital (sobre este importante  monastério, ver a matéria publicada em 27/10/2015). Abaixo, vemos uma foto do monastério…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntes de entrar no hospital, se construiu uma Ermita, dedicado a Santo Amaro, e um cemitério, onde os peregrinos  falecidos eram enterrados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a Porta de los Romeros, a principal porta de entrada ao Hospital del Rey. Ao longo do tempo, o hospital foi reformado, e esta bela porta foi construída já no século XVI no estilo renascentista por Juan de Salas. A seguir, vemos duas fotos, de sua parte externa e também desde o interior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo século XV, o Hospital del Rey chegou a contar com 87 leitos, um número considerável para a época. Sua excelente estrutura fez com que fosse considerado o melhor centro assistencial de todo o Caminho de Santiago. A igreja atual é barroca e data do século XVII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA Se conservam, no entanto, elementos construtivos de época anterior, como este arco ojival…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante a Guerra Civil Espanhola do século XX (1936/1939), o Hospital del Rey foi utilizado pelo bando nacionalista como hospital das tropas marroquinas que integravam o exército de Franco. Se construiu, inclusive, uma mesquita, que infelizmente não se conservou.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, o antigo hospital foi convertido na sede da Universidade de Burgos, onde se situa o Reitorado, uma Biblioteca e a Faculdade de Direito.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFelizmente, sua parte histórica está protegida desde 1931, quando o Hospital del Rey foi declarado monumento histórico em 1931, na categoria de Bem de Interesse Cultural (BIC).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA