Colégio do Arcebispo Fonseca

Finalizando a matéria sobre a Universidade de Salamanca, no post de hoje veremos outro de seus edifícios históricos, o Colégio do Arcebispo Fonseca, também conhecido como o Colégio Maior de Santiago Zebedeo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste colégio foi um dos quatro colégios maiores pertencentes à Universidade de Salamanca, destinado em sua origem a jovens talentosos com poucos recursos econômicos. Foi fundado pelo Arcebispo de Santiago de Compostela Alonso de Fonseca em 1519, para os estudantes galegos que se matriculavam na instituição.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm seus projeto construtivo participaram arquitetos fundamentais do Renascimento Espanhol, como Diego de Siloé e Rodrigo Gil de Hontañón. De estilo plateresco, o edifício foi construído segundo os princípios dos conjuntos conventuais, cuja estrutura se organiza em torno a um claustro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADurante a reforma universitária realizada pelo Rei Carlos III em 1780, o colégio foi fechado e um pouco depois, com a abolição dos Colégios Maiores, transformou-se num hospital em 1801. Abaixo, um detalhe decorativo do claustro, e uma das portas que se destaca por seu belo trabalho escultórico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste pátio é considerado um dos mais belos da Espanha do estilo renascentista. Abaixo, vemos a escada de acesso ao nível superior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom o restabelecimento de suas funções originais durante o reinado de Fernando VII, o edifício reabriu em 1817 mas voltou a fechar de forma definitiva em 1837. Acabou sendo ocupado pela comunidade de irlandeses que se estabeleceu em Salamanca, devido à perseguição inglesa aos católicos da Irlanda. Durante a Guerra da Independência, os franceses destruíram o antigo Colégio dos Irlandeses, e o antigo Colégio do Arcebispo Fonseca foi cedido a eles. Além do claustro, é possível visitar a antiga capela do colégio, uma verdadeira maravilha, com uma excepcional bôveda  de planta quadrada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Retábulo Maior da Capela foi realizado pelo escultor, pintor e arquiteto Alonso  de Berruguete (1490/1560), considerado um dos artistas mais importantes do Renascimento Espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASe conserva também a antiga hospedaria construída no período barroco

OLYMPUS DIGITAL CAMERADeclarado Bem de Interesse Cultural em 1931, o antigo Colégio do Arcebispo Fonseca é utilizado hoje em dia como local de eventos culturais, bem como hospedagem para estudantes que realizam cursos de mestrado e doutorado na Universidade de Salamanca.

Explorando a Universidade de Salamanca: Parte 3

No final do século XVI chegavam à Universidade de Salamanca 6500 alunos novos cada ano, cifra que demonstra o prestígio que a instituição alcançou nesta época. No século XVII o caráter humanista foi abandonado, produzindo-se uma relativa decadência, pois os filhos da nobreza começaram a dominar os Colégios Maiores, menosprezando sua função original de ensino aos jovens, independente de sua condição social. Neste período estudou na Universidade de Salamanca um dos maiores expoentes literários do Século de Ouro Espanhol, o poeta e dramaturgo Luis de Góngora (1561/1627), que chamou a atenção por seu talento poético. A cidade de Salamanca homenageou a Góngora com um monumento…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo final do século XVII, 65% dos salários da universidade estavam destinados aos professores de direito e teologia. As disciplinas piores remuneradas eram Matemática, Astrología e Música. No século XVIII, a Universidade de Salamanca transformou-se num dos principais focos da Ilustração Espanhola, momento em que desenvolveram-se as ciências científicas, além das letras clássicas. Muitos dos intelectuais da universidade desempenharam um papel preponderante na elaboração da Constituição de 1812, a primeira em ser promulgada em Espanha e uma das mais liberais da época, além de incentivar o pensamento progressista. Abaixo, vemos o Palácio de Anaya, um dos poucos edifícios neoclássicos da cidade, que se destaca por seu belo pórtico com 4 grandes colunas rematadas por uma estrutura triangular (em espanhol, frontón).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO edifício começou a construir-se em 1760, substituindo o Colégio Maior de San Bartolomé, cuja estrutura foi severamente prejudicada pelo Terremoto de Lisboa de 1755. Atualmente é a sede da Faculdade de Filologia da Universidade de Salamanca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir do século XIX, a universidade adotou um planejamento centrado mais nas disciplinas naturais e sociais, em detrimento do direito canônico e da teologia. Durante a Invasão Francesa, muitos edifícios universitários foram destruídos. Em 1852, perde sua condição de Instituição Pontifícia, suprimindo as disciplinas de direito canônico e teologia pelos governos liberais da época. Em 1940, o Papa Pio XII cria a Universidade Pontifícia, uma universidade católica de caráter privado, com a finalidade de restaurar estas disciplinas na cidade em outro edifício e dar prosseguimento às antigas carreiras eclesiásticas, que tiveram um grande papel nos séculos XVI e XVII. Como sede, foi escolhido o Real Colégio do Espírito Santo, mais conhecido como La Clerecía. Historicamente pertencente aos jesuítas, o edifício foi construído no estilo barroco entre os séculos XVII e XVIII pelo arquiteto Juan Gómez de Mora. Atualmente conta também com cursos nas áreas filosóficas, Ciências Políticas, Psicologia, Enfermagem, Informática etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo século XX, o prestígio da Universidade de Salamanca se recupera. O escritor e filósofo espanhol Miguel de Unamuno (1864/1936) foi reitor da instituição três vezes, a primeira com apenas 36 anos. Considerado um dos maiores expoentes da chamada Geração de 98, em sua obra cultivou uma grande variedade de gêneros literários, entre ensaios, teatro, novela e poesia. Abaixo, vemos um monumento em sua homenagem erguido no Centro Histórico de Salamanca, realizado pelo escultor Pablo Serrano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém é possível visitar a Casa de Unamuno, onde viveu o escritor, um dos edifícios utilizados como museu pela Universidade de Salamanca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre 1955 e 1970, a Universidade de Salamanca aumentou seu prestígio internacional, somente equiparado na Espanha pelas Universidades de Madrid e Barcelona. Abaixo, vemos o Colégio Maior Fray Luís de León, criado em 1954 para proporcionar alojamentos e estadias curtas para alunos e professores, além de fomentar atividades formativas e de orientação profissional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a Universidade de Salamanca conta com 16 faculdades nas áreas de exatas, humanas e biológicas, além de vários centros de investigação. É considerada a melhor universidade pública espanhola em relação ao corpo docente e grande referência mundial no ensino do idioma espanhol, concentrando 80% da oferta existente na Comunidade de Castilla y León para seu aprendizado. Finalizamos a matéria com uma foto da Faculdade de Tradução e Documentação

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Explorando a Universidade de Salamanca: Parte 2

Entre os séculos XV e XVI, a Universidade de Salamanca converteu-se numa instituição de referência nacional e até o século XVII foi considerada como a de maior prestígio e influência da Espanha, devido a grande variedade de disciplinas existentes, a melhor infraestrutura física e humana e o corpo de alunos mais internacional. Seu auge se explica sobretudo graças a conquista da América por Cristóvão Colombo, cujo projeto de navegação foi patrocinado por Isabel La Católica. Abaixo, vemos um monumento em homenagem ao navegante genovês situado numa praça de Salamanca , inaugurado em 1893 (com um ano de atraso) para celebrar o quarto centenário do descobrimento, e realizado pelo escultor Eduardo Barrón.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém do mais, o estado centralizado criado pelos Reis Católicos necessitava de burocratas, juristas e funcionários para a administração do  reino. No claustro da Universidade se discutiu sobre a viabilidade do projeto de Cristóvão Colombo. Uma vez descoberto o continente americano, foram abordado os direitos indígenas, algo revolucionário para a época. Abaixo, vemos o escudo dos Reis Católicos na fachada do Colégio Maior da Univ. Salamanca

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar de seu caráter jurídico, desde o final do século XV a Universidade de Salamanca se incorporou ao movimento humanista, ainda que neste terreno fosse superada pela recém criada Universidade de Alcalá de Henares. Neste período conviveram alguns dos membros mais brilhantes de sua história, renovando a Teologia e participando de forma ativa no Concílio de Trento (1545/1563). Outros personagens de renome criaram as bases do direito civil e internacional, além da ciência econômica moderna. Por encargo do Papa Gregório XIII, matemáticos da Universidade estudaram a reforma do calendário, e propuseram soluções que foram implantadas posteriormente. A seguir, vemos uma foto da Faculdade de História e Geografia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo final do século XV, o historiador, humanista e pedagogo Antonio de Nebrija (1441/1522) escreveu a primeira gramática do idioma espanhol. Sua célebre obra “Grammatica“, escrita em 1492, é considerada o primeiro estudo de um idioma europeu com exceção do latim, marcando, para muitos, o início do chamado Século de Ouro da Espanha, que se prolongou nos dois séculos seguintes com os grandes nomes das letras e das artes na história do país. Nebrija foi responsável também de um dicionário latim-espanhol, igualmente realizado em 1492 e dois anos depois um outro dicionário espanhol-latim. É considerado o primeiro escritor em reclamar os denominados direitos de autor. A seguir vemos um monumento em sua homenagem, situado em frente de uma das faculdades da Universidade de Salamanca, inaugurado em 1983 e realizado pelo famoso escultor Pablo Serrano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante o período governado pelos Reis Católicos, pela Universidade de Salamanca passaram personalidades femininas de grande relevância na história do país, caso de Beatriz Galindo, conhecida como “La Latina“, pelo domínio que tinha do idioma latino. Foi professora dos filhos dos Reis Católicos, e grande impulsora de serviços sociais num bairro de Madrid que a homenageou com o nome de Bairro de La Latina. Outra personagem destacada foi Lucía de Medrano, considerada a primeira mulher catedrática de uma universidade, responsável pelas aulas de latim durante um período de sua vida. Abaixo, vemos o chamado Aulário de San Isidoro, situado na antiga Igreja de San Isidoro, uma construção do século XVI que conserva apenas a fachada. O edifício foi adquirido pela universidade como um espaço para aulas dentro do contexto de ampliação da Faculdade de Direito, situado nas proximidades.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Explorando a Universidade de Salamanca

Salamanca é conhecida mundialmente não só por seu centro histórico monumental, mas também por sua Universidade, uma das instituições de ensino de maior influência da Europa ao longo dos séculos, e que foi o tema de um post publicado em 25/4/2012. Desta vez tive a oportunidade de conhecer boa parte dos edifícios que compõem o campus universitário, complementando a matéria publicada naquele dia. Esta Universidade Pública é considerada  a mais antiga da Espanha e de todo o mundo hispano, e junto com as Universidades de Bolonha, Paris e Oxford, constitui uma das mais antigas de todo o continente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo ano passado completou 800 anos de existência, pois o germe de sua fundação foram os chamados “Estudios Generales“, instituído pelo Rei Alfonso IX de León no ano 1218.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua origem, como as demais universidades européias, foram as denominadas escolas catedralícias, cuja existência se remonta, ao menos, ao final do século XII. Em 1218, Alfonso IX outorgou a categoria de “Estudios Generales” a estas escolas, com o nome de”Studii Salamantini“. Este título manifesta a variedade de disciplinas existentes, seu caráter público (aberto a todos) e a validez de seu diploma. Nasceu como uma universidade eminentemente jurídica, em consonância com a de Bolonha, e em contraste com as de Oxford e Paris, mais voltadas às Belas Artes e a Teologia. Foi a primeira da Europa em contar com uma Biblioteca Pública, ainda hoje considerada uma das maiores da Espanha, e que pode ser visitada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo início, a Universidade de Salamanca foi financiada pela igreja e seus fundos procediam dos dízimos eclesiásticos, um imposto sobre os produtos agrícolas. Desta forma, bispos ambiciosos permaneciam pouco tempo no cargo, solicitando que fossem transferidos para outras cidades. Por este motivo, muitos dos bispos de Salamanca foram pessoas de grande preparo intelectual e interessados no devenir da universidade sendo, com frequência, catedráticos e reitores. No entanto, a situação econômica da instituição esteve influenciada pelas crises agrárias que se produziam regularmente durante a Idade Média.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANeste período inicial, as disciplinas acadêmicas eram Direito, Medicina, Lógica, Gramática e Música. Os professores de Direito gozavam de um maior salário, em relação às demais disciplinas. Um 1255, a bula papal de Alejandro IV outorgou à universidade a “Licentia Ubique Docendi“, reconhecendo a validez universal de seus títulos. Somente no final do século XIV iniciaram os estudos de Teologia. As aulas eram dadas todas em latim, facilitando a mobilidade internacional de professores e estudantes, embora neste período a maior parte dos alunos pertenciam à Península Ibérica. No final do século XIV estudavam na universidade entre 500 e 600 alunos. Durante o século XV, o crescimento da universidade fez com que o aumento do número de alunos  chegasse aos 3 mil no início do século seguinte. Todos eram homens, predominando os clérigos sobre os laicos. A instituição tardou séculos em obter edifícios próprios. Até o século XV, as aulas eram realizadas no claustro da Catedral Velha de Salamanca, em casas alugadas ou em outras fundações religiosas, caso da Igreja de San Benito, que se destaca por sua fábrica gótica, seus poderosos contrafortes e a portada principal, com um relevo da Anunciação

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERAO primeiro edifício universitário foi o chamado Colégio Mayor de San Bartolomé, cuja construção iniciou-se em 1401. Sua estrutura foi terrivelmente afetada pelo Terremoto de Lisboa de 1755. O cardeal aragonês Pedro de Luna, que posteriormente assumiu o cargo de pontífice com o nome de Benedito XIII, foi um grande protetor da universidade, impulsionando a compra dos primeiros edifícios. Na Constituição de 1411, ordenou a criação das chamadas Escolas Maiores, com os títulos de licenciatura e doutorado, e que atualmente constituem um dos principais edifícios históricos da universidade e sua imagem mais conhecida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa praça onde se levanta o edifício do Colégio Mayor da Universidade de Salamanca, vemos um monumento em homenagem a Fray Luis de León (1528/1591), teólogo, humanista e religioso pertencente à Ordem de Santo Agostinho, e considerado um dos maiores poetas do Renascimento Espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1413, o Rei Juan II ordenou a construção do Hospital del Estudio, situado na mesma praça, que era utilizado como local de hospedagem para estudantes com poucos recursos. Atualmente este edifício histórico alberga a Reitoria da Universidade de Salamanca. Abaixo, vemos a fachada de estilo gótico com a imagem de Santo Tomás de Aquino

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1428 iniciou-se a construção das chamadas Escolas Menores, que serviam de preparação ao ingresso na universidade, na qual se obtinha o título de bacharelato, situada ao lado do Edifício da Reitoria.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo e acima, vemos a entrada às Escolas Menores

OLYMPUS DIGITAL CAMERAE seu belo pátio com aspecto de claustro monacal…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo fundo da imagem, ergue-se a torre da Catedral Nova de Salamanca

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA matéria sobre a história da Universidade de Salamanca continuará no próximo post…

Curiosas Figuras de Salamanca

O Estilo Plateresco, como vimos, se destaca pela exuberância decorativa em suas construçoes. Utiliza uma variedade de formas e elementos que produzem uma sensaçao de espanto em todos (as) aqueles (as) que o contemplam. Um dos detalhes mais usados sao os medalhoes, com personagens clássicos, religiosos ou de caráter real, como podemos observar na fachada do Convento de San Esteban.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAnimais, tanto fantásticos quanto reais, também sao representados nas esculturas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Catedral Nova de Salamanca possui uma riqueza escultórica fascinante, como vemos nas imagens acima e abaixo também…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADuas curiosas figuras se tornaram verdadeiros símbolos da cidade, e encontrá-los na imensa quantidade de detalhes, tanto na Catedral Nova, quanto na fachada da Universidade, representa uma tarefa realmente árdua. Uma delas é a representaçao de um astronauta, situada numa das portas laterais da Catedral Nova.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVocês devem estar me perguntando o que esta, como mínimo, estranha imagem, está fazendo na fachada de uma das portas da catedral. A explicaçao real, e nao muitas vezes esotérica, sobrenatural ou extraterrestre que muitos oferecem, é que durante a restauraçao realizada em 1992, o artista Miguel Romero, aproveitando a decoraçao original de motivos florais, incluiu também símbolos do nosso mundo moderno, um astronauta. Aproveitou também para realizar outras esculturas realmente inacreditáveis, como um dragao tomando um sorvete (de casquinha…).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro detalhe ornamental que se transformou numa verdadeira febre para os turistas que vao à cidade é encontrar o famoso sapo na fachada da Universidade. Realmente nao é fácil encontrá-lo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta interessante escultura de um sapo sobre uma caveira pertence à época em que foi realizada a fachada, no período renascentista. O sapo (ou uma ra) representa uma alegoria da morte, ou entao, um símbolo relacionado ao pecado da luxúria, que a igreja combatia com veemência na Idade Média. Miguel de Unamuno, um dos grandes intelectuais espanhóis, mostrou sua indignaçao perante tamanho desejo de ver o animal:

“Nao me parece mau que as pessoas queiram ver o sapo, mas que queiram somente vê-lo”

No próximo post, conheceremos um dos espaços mais espetaculares de Salamanca, sua belíssima Praça Maior.

 

Salamanca Plateresca

Nos últimos posts vimos como o Estilo Plateresco foi amplamente utilizado na construçao de diversos edifícios da arquitetura civil em Salamanca, especialmente nos palácios pertencentes à nobreza. Também foi empregado em muitos templos religiosos, como na Catedral Nova, por exemplo, cuja imagem vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Estilo Plateresco se desenvolveu no final do séc. XV e primeira metade do séc. XVI, sendo considerado  a tendência artística correspondente a primeira fase da introduçao do Renascimento em Espanha. Por isso mesmo também chamado de protorenascimento, é um estilo exclusivo do território espanhol e de algumas de suas antigas colônias no continente americano. Abaixo, vemos algumas fotos das fachadas platerescas que constituem a estrutura da Catedral Nova de Salamanca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das características principais do Estilo Plateresco é a decoraçao suntuosa, combinando de forma eclética os componentes decorativos mudéjares, do denominado gótico flamíngero (última etapa da gótico) e elementos renascentistas provenientes da Itália.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro elemento que identifica o estilo sao as fachadas dos edifícios construídas a modo de retábulo, como podemos apreciar na fachada dos Colégios Maiores da Universidade de Salamanca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs fachadas dividem-se em três corpos principais, com medalhoes decorativos e os pináculos em sua parte superior, como vemos na foto acima. O plateresco foi o estilo oficial das poderosas monarquias dos Reis Católicos e de Carlos I. Na fachada da Universidade podemos observar a representaçao de Fernando de Aragón e Isabel de Castilla, que depois de casados tornaram-se conhecidos como os Reis Católicos, graças à defesa obstinada com que governaram o país, sob a base dos preceitos cristaos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAJá no centro da fachada observamos o escudo de Carlos I, formado pela águia imperial bicéfala, ou seja, composta de duas cabeças, por ter sido Rei de Espanha e Imperador do Sacro Império Germânico (na Alemanha, é conhecido como Carlos V).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO autor desta impressionante fachada é desconhecido, sendo iniciada durante o governo dos Reis Católicos e finalizada na época de Carlos I (primeira metade do séc. XVI). A beleza dos edifícios platerescos da cidade é enriquecida pela excelente qualidade da pedra com que foram construídos, que adquire várias tonalidades diferentes, dependendo da hora do dia e da luminosidade. Outro monumento em que o plateresco aparece de forma espetacular é o Convento de San Esteban, construído por Juan de Álava.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANeste maravilhoso templo, contemplamos mais uma das fachadas retábulos que caracterizam o estilo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO centro está presidido por um conjunto escultórico que representa o Martírio de San Esteban e, na parte superior, o Calvário de Cristo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO termo Plateresco foi utilizado por primeira vez no séc. XVIII por Diego Ortiz de Zúñiga, que comparou a decoraçao dos edifícios com o meticuloso trabalho realizado pelos plateiros. Muitos estudiosos desprezam o plateresco como um estilo, considerando-o apenas uma fase de adaptaçao até a chegada do Renascimento Pleno.

Salamanca Renascentista

Salamanca é uma cidade renascentista por excelência. Junto com as localidades de Úbeda e Baeza, situadas na Andaluzia, a cidade castelhana possui um riquíssimo patrimônio histórico vinculado a esta corrente artística. No final do séc. XV e todo o séc. XVI, Salamanca viveu seu período de máximo esplendor, que se refletiu na construçao de  vários de seus monumentos mais conhecidos. O papel da Universidade neste processo foi fundamental, tanto no aspecto cultural, na qual se formaram os altos funcionários, tanto do clero, quanto do estado, quanto na difusao do Renascimento. A chegada a mediados do séc. XV de mestres italianos que ensinaram as novas teorias filosóficas baseadas no Humanismo e na cultura proveniente da Itália facilitaram a propagaçao do estilo. No entanto, a estética renascentista tardou em chegar no país. Isso ocorreu, em parte, graças ao gosto, principalmente do clero, das anteriores formas góticas. Um dos lugares onde podemos apreciar a combinaçao da arquitetura gótica com os novos elementos renascentistas é na famosa Casa das Conchas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta emblemática construçao de Salamanca foi edificada entre 1493 e 1517, sendo considerada um palácio representativo da nobreza do séc. XVI. Monumento Nacional desde 1929, sua construçao foi encarregada por Rodrigo Maldonado de Talavera, cavalheiro da Ordem de Santiago e catedrático em direiro na Universidade de Salamanca, da qual também foi reitor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs obras prosseguiram com seu filho, casado com Juana de Pimentel. A concha representava o símbolo de sua família, enquanto a flor de lis adornava o escudo dos Maldonado. Ambos podem ser vistos na fachada da casa, decorada com mais de 300 conchas e brasoes de ambas famílias. Além do mais, vemos excepcionais janelas realizadas no estilo gótico. Outra explicaçao para a presença das conchas é o fato dos Maldonados pertencerem à Ordem de Santiago, sendo que um dos símbolos principais associados ao Apóstolo Santiago é precisamente a concha. A figura do leao decora algumas estâncias do palácio, principalmente no belíssimo claustro interior, representando o poder e a influência de seus proprietários.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas lendas enriquecem ainda mais esta bela construçao. Uma delas diz que debaixo de uma das conchas existe uma moeda de ouro. Nada raro, já que era costume colocar moedas nos cimentos das construçoes para atrair boa sorte. Outra lenda diz que a família escondeu suas jóias debaixo de uma concha, deixando documentada a quantidade exata escondida, mas nao a concha onde se encontrava o tesouro. Quem quisesse encontrá-lo, deveria pagar uma quantidade de dinheiro como fiança. Caso encontrasse, ficava com o tesouro e recuperaria a quantia investida. Caso contrário, perderia tudo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a Casa das Conchas é uma biblioteca e pode ser visitada. Outro monumento emblemático, construído no estilo renascentista, é a denominada Casa das Mortes, levantada em 1500 e projetada pelo arquiteto Juan de Álava.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Casa das Mortes é um representante do Estilo Plateresco, assim chamado pela semelhança de seus elementos com o minucioso trabalho executado no ofício da platería, ou seja, os artesoes que trabalhavam com a prata. A característica ornamentaçao da casa, composta por caveiras e figuras grotescas, e o assassinato de 4 habitantes na casa no séc. XIX propiciaram  esta sinistra  denominaçao ao edifício. Na fachada destaca a figura esculpida do Arçobispo Fonseca, um dos mais relevantes na história da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos personagens mais importantes do Renascimento Espanhol foi o arquiteto Rodrigo Gil de Hontañón (1500/1577), que deixou um grande legado construtivo por Salamanca. A partir de 1538, participou na construçao da Catedral Nova, além de palácios que serviram de exemplo arquitetônico. Este é o caso do conhecido Palácio de Monterrey, um dos máximos expoentes do Estilo Plateresco e da Arte Renascentista no país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Monumento Nacional desde 1929, sua construçao foi ordenada pelo III Conde de Monterrey a partir de 1539. Atualmente, pertence à Casa de Alba, e seu valioso patrimônio artístico pode ser visto, mediante uma larga lista de espera…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA importância histórica e artística do edifício fez com que fosse muito imitado, principalmente no final do séc. XIX, com o advento do neoplateresco, tendência arquitetônica que se insere dentro da Arquitetura Historicista, que visava recuperar nas construçoes os antigos estilos nacionais encontrados no país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém atribuído a Rodrigo Gil de Hontañón é o Palácio Figueroa, atualmente o Cassino de Salamanca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm amável funcionário me permitiu entrar no edifício e admirar sua bela escada renascentista, além do salao principal, utilizado hoje em dia para festas e comemoraçoes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA