Igrejas Históricas de S.Compostela

O patrimônio histórico religioso de Santiago de Compostela é invejável, compreendendo igrejas, conventos e monastérios, além de pequenas mas belas capelas. Neste post e no próximo, veremos alguns dos templos mais importantes da cidade galega, a parte daqueles já mostrados nesta recente série de matérias. Iniciamos com o Antigo Convento de Santo Domingo de Bonaval. Segundo conta a tradição foi fundado pelo próprio Santo Domingo de Gusmão (1170/1221) em 1220, santo espanhol fundador da Ordem Dominicana, durante uma peregrinação feita à Santiago de Compostela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste convento é considerado o primeiro desta ordem religiosa em toda a Galícia. A igreja atual do convento data do século XIV, realizada no estilo gótico, mas reformada no XVII. Em uma de suas capelas guarda os restos da poetisa e escritora galega Rosalía de Castro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO convento foi abandonado devido aos processos desamortizadores, e atualmente acolhe o Museu do Povo Galego. Do local onde se encontra, existem belíssimas vistas do centro histórico da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO período barroco, que compreende o século XVII e parte do XVIII, constituiu uma etapa de grande prosperidade para as instituições religiosas da cidade, sendo que muitas das igrejas existentes fazem parte desta corrente artística. Um exemplo é a pequena mas interessante Igreja de San Roque, que pertence ao século XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja está situada junto a um antigo hospital, construído para dar assistência aos enfermos que foram contaminados por uma epidemia de peste no século XVI. Por este motivo, a igreja foi dedicada a São Roque, protetor dos doentes. Uma bela imagem do santo podemos contemplar dentro do templo, realizada por José Gambino (1719/1775), um artista procedente de Gênova e que tornou-se responsável por uma excelente escola de escultores na Galícia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO retábulo principal da igreja foi realizado por Simón Rodríguez (1697/1752), um importante arquiteto barroco da Galícia que deixou um impressionante legado na cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa porta de entrada da igreja vemos símbolos associados ao Apóstolo Santiago, como a cruz da Ordem de Santiago e a concha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe estilo neoclássico e construída a partir de 1750 é a Igreja de Santa María del Camino

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAIgualmente do século XVIII, a Capela das Ánimas também se insere no estilo neoclássico, principalmente em sua fachada, que contou com a participaçao do arquiteto Ventura Rodríguez. Na própria fachada vemos um relevo com as almas no purgatório…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior da capela possui nave única, com destaque para os belos retábulos feitos de estuco policromado no início do século XX por Manuel de Prado. Os episódios da paixão de Cristo retratados pelo artista impressionam pelo realismo dos personagens.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizamos a matéria com imagens do interior da capela…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Um Passeio por Betanzos

Depois de atravessar uma das portas da antiga muralha de Betanzos, o primeiro local que descobri em minha visita à cidade foi a Plaza de la Constitución, uma das principais praças do núcleo urbano, situada no coração do centro histórico. Está presidida pela Casa do Conselho, a sede da Prefeitura de Betanzos. Construída no século XVIII no estilo neoclássico, foi projetada pelo famoso arquiteto espanhol Ventura Rodríguez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro edifício de caráter civil que se destaca na praça é o chamado Pazo de Bendaña, do século XV, mas reformado no séculos XVI e XVIII. Conserva, no entanto, os arcos ojivais originais. Atualmente é a sede de um órgão público.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem mais recente, mas de grande interesse artístico, é a Casa Nuñez, projetada pelo arquiteto Rafael González Villar em 1923.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe estilo modernista, o edifício albergou uma oficina do Banco de España, mas atualmente é a sede do Centro Internacional da Estampa Contemporânea, um centro de divulgação da arte gráfica. Os belos azulejos que decoram a fachada do edifício proporcionam um colorido especial, com o Escudo de Betanzos representado…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior do edifício é muito interessante, e me permitiram tirar uma foto enquanto os funcionários do centro seguiam trabalhando…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANum dos costados da praça ergue-se a Igreja de Santiago de Betanzos

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste templo é uma das três igrejas existentes na cidade inseridas dentro do Estilo Gótico, que originou-se na França no século XIII, espalhando-se por todo o continente europeu a partir deste momento. Foi edificada no século XV sobre uma primitiva igreja românica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1900, devido ao mau estado da construção, se reformou a fachada principal, mas a belíssima porta de acesso ao interior foi preservada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAImpressiona a riqueza decorativa da porta. No tímpano, aparece o Apóstolo Santiago a cavalo, com a cruz e a espada. Na parte superior, no centro, vemos a figura de Cristo em majestade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos um conjunto de capitéis da porta, decorados com figuras humanas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA concha, um dos símbolos do Apóstolo Santiago, também aparece nos capitéis que compõem a estrutura a igreja, ao lado de outros com motivos florais…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Santuário de San Pedro Alcántara

Há cerca de 3 km de Arenas de San Pedro situa-se um dos monumentos de maior relevância da cidade, o Santuário de San Pedro Alcántara, o último convento fundado por seu santo padroeiro, em 1561.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara se chegar ao local, o ideal é percorrer o caminho à pé através de uma estrada muito frequentada pelos habitantes da cidade, que impressiona por sua beleza natural.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção do convento tinha como finalidade inicial a contemplação e a vida de penitência da comunidade de religiosos, dentro da linha de ascetismo proposta por San Pedro de Alcántara para os membros da Ordem Franciscana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO falecimento do santo em Arenas de San Pedro transformou o santuário num local de grande devoção e peregrinação para as milhares de pessoas que o visitam durante o ano. No dia 19 de outubro, recebe uma grande quantidade de pessoas que vêm de todas as partes da Espanha, para assistir a procissão com a imagem do santo pelos campos da região.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO santuário que vemos atualmente foi projetado pelo arquiteto Ventura Rodríguez, com a colaboraçao do Rei Carlos III no século XVIII. Se realizam visitas guiadas pelo interior do conjunto conventual, e várias são as dependências que se podem conhecer. De grande interesse é a Capela Real, parecida à Capela do Palácio Real de Madrid, também construída por Ventura Rodríguez. De planta octogonal, guarda os restos do santo numa urna situada no altar maior, e protegida por duas esculturas de alabastro, que representam a fé e a esperança.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtrás da urna, vemos a representação da apoteose do santo em sua ascensão ao céu, realizado pelo escultor Francisco Gutiérrez em 1773.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a cúpula da capela…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja conventual é a parte mais antiga do santuário (XVI), e conserva um retábulo dedicado ao santo. Abaixo, vemos a entrada da igreja…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAE seu interior…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa sacristia podemos admirar um móvel utilizado para guardar roupas litúrgicas que foi construído pelos Astecas, povo que dominou a zona central do México, e que acabou sendo submetido à conquista espanhola no século XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos o claustro, adornado com pinturas relacionadas à vida do santo, além de uma coleção de cerâmicas de Talavera de la Reina do século XVIII, um dos maiores centros produtores de cerâmicas país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO denominado Museu Alcantarino guarda uma série de documentos, objetos e obras artísticas relacionados com a vida do santo e também da época em que viveu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm outro espaço do santuário acolhe o Museu de Arte Sacra, que possui mais de 200 obras entre pinturas, esculturas, objetos e roupas litúrgicas, compreendendo o período  que vai desde o século XVI até o XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERASua importante biblioteca possui um acervo de cerca de 18 mil livros, dos quais 165 pertencem ao século XVI e 325 ao século XVII. Em 1972, o Santuário de San Pedro de Alcántara foi declarado Monumento Histórico-Artístico Nacional, e constitui um motivo a mais para se conhecer a cidade de Arenas de San Pedro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Arenas de San Pedro – Parte 2

No século XVIII, o pequeno município de Arenas de San Pedro converteu-se num local importante graças à presença de um membro da família real espanhola da época, o Infante Don Luis de Borbón y Farnésio (1717/1785), que estabeleceu  sua residência na cidade. Filho do Rei Felipe V (o primeiro monarca da dinastia bourbônica da Espanha) e de sua segunda esposa, Isabel de Farnésio, e irmão do Rei Carlos III, o infante Don Luis encarregou ao arquiteto Ventura Rodríguez (1717/1785), um dos mais renomados arquitetos do século XVIII no país, um grande palácio que ainda hoje podemos ver na cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO infante havia sido desterrado da corte de Madrid depois de casar-se com Maria Teresa Vallabriga, considerado um matrimônio morganático, isto é, aquele que estabelece a união entre duas pessoas de classes sociais diferentes, impedindo que os filhos obtivessem títulos, privilégios e propriedades nobres. Anteriormente, o infante havia vivido num outro palácio, também construído por Ventura Rodríguez, numa cidade próxima a Madrid, Boadilla del Monte (ver post publicado em 19/3/2015), e posteriormente se mudou para Arenas de San Pedro. O palácio foi finalizado em 1783, mas a obra permaneceu inacabada, sendo que se construiu apenas a metade do projeto original, devido a sua grande envergadura e a avançada idade do infante.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEdificado no estilo neoclássico, destacam em sua arquitetura a simetria e proporção de suas linhas, além da sobriedade decorativa, elementos característicos do estilo. O infante Don Luis viveu poucos anos no palácio, coincidindo com uma época de grande prosperidade para a vila, e nele veio a falecer em 1785. Amante das artes e das ciências, o infante formou no palácio uma rica coleção de pintura e escultura, convocando diversos artistas famosos da época, como o grande pintor Francisco de Goya, que realizou um retrato do infante, sendo homenageado com o nome de uma praça situada ao lado do palácio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO infante criou também um Gabinete de História Natural e uma esplêndida biblioteca. Depois de seu falecimento, o palácio começou a ser esvaziado, processo que terminou em 1796. Em 1809, durante a Guerra da Independência Espanhola, o palácio foi ocupado pelas tropas francesas e transformado num seminário a partir de 1868, sendo destinado a este fim até 1972. Abaixo, vemos o esbelto pórtico de entrada do palácio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1988 o palácio foi adquirido pela prefeitura de Arenas de San Pedro, e passou a ser utilizado como local de exposições e, inclusive, para desfiles de moda.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANum dos muros de um colégio da cidade, me chamou a atenção uma pintura, na qual foi representado o arquiteto Ventura Rodríguez, realizando o projeto do palácio…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois de visitar o exterior do palácio, continuei minha caminhada em busca de outros lugares históricos, como o antigo Hospital de San Bartolomé, que acolheu a pobres e viajantes entre os séculos XVI e XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANuma das praças principais da cidade, vemos a Igreja de San Juan Bautista, que pertenceu ao desaparecido monastério carmelita fundado por Santa Teresa de Ávila no século XVI. Depois, passou a fazer parte de outro convento, pertencente à comunidade de religiosas da Ordem de Santo Agostinho, desde sua fundação em 1623 até o abandono do mesmo, provocado pela destruição do convento durante a ocupação francesa de 1809.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos uma geral da praça, com uma das inúmeras fontes históricas existentes na cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara conhecer o patrimônio histórico da cidade, convém dar uma chegada em sua Oficina de Turismo, situada no edifício do Mercado de Abastos de Arenas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post sobre Arenas de San Pedro, vocês conhecerão um dos principais monumentos da cidade, seu imponente castelo…

Real Colégio de Donzelas – Toledo

Um lugar pouco conhecido na cidade de Toledo, mas que vale a pena visitar, é o Real Colégio de Donzelas Nobres. Fundado em 1551 pelo Cardeal Juan Martínez Silíceo, está localizado na praça a ele dedicada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO colégio acolhia a cem jovens de poucos recursos, e a preocupação do cardeal era oferecer uma educação integral para a mulher, sendo um pioneiro neste tipo de sistema educacional. Nele ingressavam as meninas entre 7 e 10 anos, permanecendo no instituto até o casamento. Caso ficassem solteiras, poderiam continuar no colégio. O Colégio foi instalado em 1554 numa residência que pertenceu a Don Diego Hurtado de Mendoza. Sua austera fachada de tijolo foi finalizada no século XVII, com um relevo de Juan Bautista Vázquez El Viejo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAdsc09344O colégio também é conhecido pelo nome de N.Sra dos Remédios, a santa titular do mesmo. O edifício atual procede das reformas realizadas pelo arquiteto Ventura Rodríguez no século XVIII. Nos séculos seguintes, foi ampliado no estilo neomudéjar, momento em que se construiu uma estrutura elevada para comunicar o edifício original com as novas dependências do colégio.

dsc09343OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior do Colégio das Donzelas Nobres é muito bonito, com obras de grande valor artístico. No centro da igreja foi colocado o belíssimo sepulcro do cardeal fundador, realizado pelo escultor Ricardo Bellver y Ramón (1848/1924) em 1890.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFeito de mármore branco, o sepulcro representa o cardeal em postura deitada, com 4 figuras femininas em suas esquinas como uma referência às 4 virtudes cardenais (justiça, prudência, fortaleza e moderaçao). O Cardeal Silíceo faleceu em 1557, e procedia de uma família humilde. Estudou em Paris e foi autor de várias publicações. Considerado um grande intelectual, chegou à sede de Toledo em 1545. Por sua vontade expressa, quis ser enterrado junto às suas alunas num simples túmulo de madeira, coberto por um pano negro e a mitra, até que foi substituido pelo magistral sepulcro de Ricardo Bellver.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro do colégio situa-se o pátio de estilo neoclássico realizado por Ventura Rodríguez no século XVIII. De planta quadrada, foi construído em granito e composto por dois níveis.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos uma imagem dos corredores interiores do pátio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das dependências mais belas do colégio é a denominada Sala Rectoral, onde se realizavam os atos de maior solenidade. Neste espaço eram recebidos os familiares das residentes do colégio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPreside este salão nobre um quadro de corpo inteiro do Cardeal Silíceo, de autor anônimo do século XVII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADois tapetes barrocos flamencos (século XVII), feitos de seda e lã, decoram o espaço da sala, fabricados nos prestigiados centros têxteis de Bruxelas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO teto foi decorado com um artesanato de madeira com o escudo  eclesiástico do cardeal em seu centro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, veremos a segunda parte da matéria sobre o Real Colégio de Donzelas Nobres de Toledo, com destaque para sua igreja…

Ávila – Comunidade de Castilla y León

A partir de hoje, iniciarei uma extensa série de matérias sobre uma das mais monumentais cidades da Espanha, a castelhana Ávila. Ela já foi tema de alguns posts em 2012, e tenho ido diversas vezes à cidade como parte de meu trabalho de guia de turismo (realizo tours turísticos também por Toledo, Segóvia e Madrid). Por este motivo, gostaria de compartilhar com vocês um pouco da história desta belíssima cidade, seus monumentos e palácios, conhecer o itinerário relacionado com a vida de Santa Teresa, percorrer sua maravilhosa muralha, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÁvila é outra das capitais de província da Comunidade de Castilla y León, e uma das menos populosas de todo o país, com cerca de 60 mil habitantes. Situada a 1131 metros sobre o nível do mar, é considerada a capital de província localizada a maior altitude da Espanha, fato que condiciona de forma determinante seu clima. No inverno, as nevadas sao comuns, e faz muito frio. Em 1985, por exemplo, a temperatura chegou aos 16 graus negativos. O setor terciário é o motor de sua economia, e o turismo uma das principais fontes de renda, graças a riqueza histórica, artística e cultural que possui. O título de Patrimônio da Humanidade outorgado pela Unesco comprova esta afirmação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASuas origens remontam a época pré-romana, quando já era ocupada pelos Vettones, um povo celtíbero. Da importância do período romano são testemunhos a grande quantidade de restos arqueológicos que foram reutilizados na construção da muralha. Durante o período visigodo, a cidade ostenta o título de sede episcopal, mas as notícias são escassas. Com a chegada dos árabes, Ávila ficou desabitada, algo que ocorreu com outras cidades da comunidade, como Segóvia, por exemplo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom a reconquista de Toledo em 1085 pelo monarca Alfonso VI, Ávila foi repovoada por seu genro , Raimundo de Borgoña, que estimulou a vinda de novos habitantes provenientes do norte da Espanha. Na Idade Média, sua população continuou incrementando, e muitos de seus principais edifícios foram construídos. No século XI, por disposição real, se estabeleceu dois mercados semanais. O chamado Mercado Grande passou a ser realizado em frente à Igreja de San Pedro, situada fora das muralhas. Abaixo, vemos duas fotos do local, uma em que vemos a praça vazia, e outra com uma grande concentração de pessoas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO denominado Mercado Chico (pequeno) se realizava no local onde posteriormente se construiu a Plaza Mayor de Ávila, que acabou se tornando um dos pontos de encontro principais de seus habitantes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA mediados do século XVIII, o estado da praça é ruinoso, obrigando o conselho da cidade iniciar um projeto para melhorar seu aspecto, conformando uma nova praça retangular composta por arcos em todo o seu perímetro. O projeto original da nova praça foi realizado pelo célebre arquiteto Ventura Rodríguez, mas sua construçao acabou sendo realizada somente a mediados do século seguinte, pelo arquiteto Juan Antonio Cuervo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA nova praça foi aberta junto a Igreja de San Juan Bautista, como vemos acima. No andar térreo dos edifícios que conformam a praça existem muitos estabelecimentos comercias,como bares, restaurantes e lojas de souvenir, reafirmando o contexto original do local como um centro de mercado. A praça está presidida pelo Edifício do Ayuntamiento, a Prefeitura de Ávila.

dsc00204O edifício foi construído na mesma época de construçao da praça, pelo arquiteto Vázquez de Zúñiga, sendo finalizado em 1868. De estilo isabelino, sua fachada está composta por 3 corpos horizontais, como podemos ver acima.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir dos séculos XV e XVI, a cidade alcançou um período de grande prosperidade econômica, contando com um grande número de famílias nobres, que levantaram belos palácios pelo centro antigo. Acolheu diversas vezes a corte, fato que contribuiu para seu crescimento.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAQuando a capital foi levada definitivamente a Madrid em 1561, Ávila perdeu protagonismo, algo que sucedeu com muitas outras cidades no país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÁvila possui três títulos concedidos pelos reis espanhóis, “Ávila del Rey“, outorgado por Alfonso VI, “Ávila de los leales“, por Alfonso VIII, e “Ávila de los Caballeros“, concedido por Alfonso X. Os três foram incluídos no escudo da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo entanto, o mais importante título que foi concedido à cidade é o de Patrimônio da Humanidade, outorgado pela Unesco em 1985, que voltou a reativar sua economia. No próximo post, vocês poderão admirar a magnífica muralha que circunda a cidade, única na Espanha e em todo o continente europeu…

Belas Igrejas de Badajoz

No passado, Badajoz chegou a possuir 16 conventos situados dentro de sua muralha. Posteriormente, muitos deles se transformaram em paróquias. Na matéria de hoje, veremos dois exemplos significativos, ambos localizados no centro histórico da cidade. A Igreja de Santo Domingo foi construída em 1556 como uma capela do Convento de Santo Domingo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa fachada principal do templo, vemos em sua porta o escudo dos fundadores do convento, os Duques de Badajoz, com uma imagem do santo em sua parte central, acompanhado de dois cachorros, símbolo a ele associado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO convento foi habitado pelos frades dominicanos até 1822, quando então foi desamortizado. Desde 1927, o templo é regido pelos sacerdotes da Congregação de São Francisco de Paula, cuja estátua em sua homenagem foi erguida em frente à igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInfelizmente, o interior da igreja perdeu muito de suas obras artísticas, resultado da invasão francesa e da desamortização de 1822. A seguir vemos algumas imagens com destaque para a bôveda gótica e o retábulo maior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Igreja de la Concepción pertence a um Convento Franciscano fundado no século XVI e antigamente situado fora da cidade. No século XVIII, foi trazido à sua localização atual.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA A igreja está situada numa rua estreita, dificultando as imagens panorâmicas de sua fachada. A construção do templo é atribuída a Ventura Rodríguez (1755), um dos melhores arquitetos do século XVIII na Espanha. Realmente, o interior é uma maravilha, com sua planta em forma de elipse e sua cúpula oval.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja foi convertida em paróquia em 1835, e possui um altar dedicado ao único santo de origem cigana beatificado pela Igreja Católica, Ceferino Giménez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA