Renascimento Espanhol – Estilo Herreriano

Na segunda metade do século XVI, a Arquitetura Renascentista na Espanha entrou em sua última fase, impulsionada por um monarca, a construção de um monumento excepcional e o principal arquiteto responsável de sua execução. O monarca em questão foi o Rei Felipe II, filho do Imperador Carlos I, que ascedeu ao trono em 1556. Em…

Renascimento Espanhol – Etapa Clássica

No século XVI, depois do advento do Estilo Plateresco, o Renascimento na Espanha entrou numa fase mais pura com a diminuição da influência do Estilo Gótico e o predomínio das formas italianas passa a exercer uma importância cada vez maior. Esta etapa se caracteriza pela austeridade decorativa, que se limita a certos elementos de inspiração…

Renascimento Espanhol – Estilo Plateresco

O início do Renascimento na Espanha está intimamente relacionado com a monarquia dos Reis Católicos. O novo estilo italiano tardou em chegar ao país devido à tradição do Estilo Mudéjar e a longa sobrevivência do gótico na Espanha, associado ao cristianismo. Tradicionalmente se aceita o ano de 1492 como a data de início do Renascimento…

Renascimento: Arquitetura, Escultura e Pintura

Nesta matéria veremos alguns aspectos gerais sobre a Arquitetura, Escultura e Pintura relacionadas com o Renascimento. Antes do Cinquecento, a Arquitetura era considerada a arte com maior prestígio na Itália Renascentista. O interesse arquitetônico na antigudade clássica foi estimulado pela redescoberta de uma bibliografia clássica, como o livro “De Architectura”, de Vitrúvio. Nesta obra fundamental…

Renascimento – Parte 2

O Renascimento foi herdeiro da antiguidade clássica, mas o reinterpreta através do Humanismo, enaltecendo o valor humano sobre a transcendência religiosa. Boa parte desta revolarização da arte clássica greco-romana correu graças aos achados arqueológicos e a recuperação de tratados antigos de arquitetura como os de Vitruvio, que se tornaram essenciais para a renovação arquitetônica, bem…

Renascimento

Neste complicado período que o mundo está atravessando, em que viajar infelizmente não é das coisas mais sensatas a se fazer, estou aproveitando para publicar matérias sobre os estilos artísticos europeus e sua presença no patrimônio histórico-artístico espanhol. Começei com o Estilo Românico, depois o Gótico, e na sequência, um estilo exclusivamente espanhol, o Mudéjar….

Estilo Neomudéjar

Como foi dito no início desta série, o Estilo Mudéjar desenvolveu-se na Espanha entre os séculos XII e XVI. No final do século XIX e começo do XX, dentro do contexto da arquitetura de caráter histórico imperante na Europa, surgiram várias interpretações dos estilos artísticos precedentes, surgindo os Estilos Neogótico, Neobarroco, Neoromânico, etc. No caso…

Mudéjar em Aragón – Parte 2

No último post, vimos como o Estilo Mudéjr em Aragón desenvolveu uma rica e complexa decoração em seus edifícios, através do emprego da cerâmica (principalmente nas tonalidades verde e branca) e no excepcional uso do tijolo como elemento ornamental, convertendo o Mudéjar Aragonês num foco mais “barroco” que nos demais centros. Na matéria de hoje,…

Mudéjar em Aragón – Patrimônio da Humanidade

Além do Mudéjar Castelhano-Leonês e o Mudéjar Toledano, é imprescindível citar que o Estilo Mudéjar alcançou uma grande notoriedade e fama na Comunidade de Aragón, onde adquiriu sua  maior beleza estética, motivo pelo qual foi congratulado com o título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco. De fato, o Mudéjar Aragonês possui uma personalidade característica própria…

A Cerâmica Mudéjar

Antes de comentar sobre o tema da matéria de hoje, a Cerâmica Mudéjar, gostaria de complementar algumas informações sobre o Mudéjar Toledano, cujo epicentro é a própria cidade de Toledo, como vimos no último post. O foco Mudéjar de Toledo inclui muitas localidades da província e da Comunidade de Castilla La Mancha, como na cidade…