Eladio Laredo

No final do século XIX e princípio do XX, Castro Urdiales tornou-se um grande centro de férias para muitos dos habitantes da Comunidade da Cantábria, assim como de Madrid, Bilbao e outras regiões da Espanha. A cidade entra em uma nova fase de crescimento econômico, fato que transforma sua paisagem urbana. Um dos principais artífices desta mudança foi o arquiteto Eladio Laredo y Carranza (Castro Urdiales-1864/Santa Cruz de Tenerife-1941), um dos mais reconhecidos arquitetos do norte da Espanha no século XX. Sua obra está vinculada às correntes históricas da arquitetura, além do Modernismo, realizando projetos tanto para a iniciativa pública, quanto privada. Nem todas as obras que projetou para Castro Urdiales sobreviveram, mas muitas delas ainda podem ser apreciadas num passeio pela cidade, sendo que foram realizadas no período entre 1899 e 1914. Um exemplo é o Mercado de Abastos, realizado entre 1908 e 1911. Sua arquitetura se insere dentro do Ecleticismo, com uma decoração floral característica do Modernismo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEladio Laredo foi o responsável de projetos para muitos dos palácios que vemos atualmente na cidade, como a Casa do General Bazán, projetada em 1892. Esta construção foi concebida como uma típica vila renascentista italiana, segundo os princípios do grande arquiteto Andrea Palladio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo aspecto decorativo, utilizou cerâmicas de influência mudéjar. Na parte superior da fachada, foi colocada a figura de um guerreiro, referência à profissão militar do proprietário.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Chalet construído para Dolores de los Heros foi igualmente construído segundo os ditames do Ecleticismo em 1899. O objetivo inicial era que o edifício fosse destinado como asilo, mas foi utilizado como centro educativo, além de ter sido propriedade de um indiano, como se conhece os espanhóis que fizeram fortuna na América e retornaram às suas cidades de origem. Atualmente, o edifício é a sede Centro Cultural “La Residencia”. Muito bonito realmente…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO denominado Edifício Royal foi projetado por Eladio Laredo em 1901. Utilizou elementos derivados da arquitetura gótica, como  a grande torre que recorda um castelo, além de medalhões que homenageiam os Reis Católicos e o Imperador Carlos V. Atualmente é conhecido como Centro Cultural Eladio Laredo, e funciona como uma biblioteca e um lar para aposentados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Praça de Touros de Castro Urdiales também leva a assinatura de Eladio Laredo. Com capacidade para cerca de 5 mil espectadores, foi construída entre 1911 e 1912, no estilo eclético com influências mudéjares. É considerada uma das primeiras praças construídas em concreto armado no país. Atualmente os espetáculos taurinos raramente se realizam, e o local é utilizado preferencialmente para concertos e eventos culturais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPosteriormente, Eladio Laredo mudou-se para Madrid e para as Ilhas Canárias, locais onde deixou outras magníficas obras de sua valorizada arquitetura.

Anúncios

Belos Ayuntamientos de España: Parte 2

A partir do século XIX foram construídos vários Ayuntamientos que merecem constar de minha lista dos mais belos de Espanha. Um exemplo é o Ayuntamiento de Murcia (Comunidade Murciana), edificado no estilo neoclássico e inaugurado em 1859.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACom a chegada do Ecleticismo no final do século, muitos Edifícios de Ayuntamientos seguiram os preceitos desta corrente artística, como o Ayuntamiento de Cartagena (Comunidade Murciana), finalizado em 1907. De planta triangular, nele destacam o grande pórtico rematado por uma cúpula, e seu belo vestíbulo e escada principal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Ayuntamiento de Bilbao (País Vasco) foi concluído em 1892, e também se insere dentro da Arquitetura Eclética.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERASituado na Praça de María Pita, uma das mais conhecidas da cidade, o Ayuntamiento de La Coruna (Galícia) destaca-se por sua grandiosidade e beleza de suas formas. O edifício foi concluído em 1917.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Ayuntamiento de Valencia apareceu diversas vezes nestas matérias sobre os Ayuntamientos da Espanha por conter vários dos elementos essenciais relacionados aos edifícios que se tornaram sedes de Prefeituras. Outro belo exemplo da Arquitetura Eclética

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalmente, o Ayuntamiento de Logroño (Comunidade da Rioja) tornou-se famoso por sua arquitetura contemporânea, cujo projeto foi realizado por Rafael Moneo, um dos mais conhecidos arquitetos atuais do país. O edifício foi inaugurado em 1980, e o projeto possibilita a entrada de luz natural em todas as partes do amplo edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Pelas Praças de Badajoz

A cidade de Badajoz possui muitos mais atrativos que suas construções militares e sua esbelta catedral. Uma boa forma de conhecer seu centro histórico é percorrendo suas inúmeras praças, algumas das quais acolhem seus edifícios mais representativos. A Plaza de España, por exemplo, é o centro administrativo, político e religioso da cidade, pois além de ser o local onde se alça a catedral, se ergue também o Palácio Municipal, sede da prefeitura de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntigamente situada na Plaza Alta, como vimos recentemente, no século XVIII a prefeitura foi trazida para a Plaza de España. Entre 1852 e 1856 se construiu a sede atual, obra de Francisco Morales Hernández. Em 1899 se colocou o relógio que preside a fachada e em 1937 o edifício foi reformado, dando-lhe uniformidade artística. De escassa decoração, destaca-se por suas belas proporções e sua elegância clássica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem na sala de recepção da sede da prefeitura vemos o Escudo de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADebaixo dos arcos de sua fachada temos uma bela vista da catedral. Em frente ao edifício, vemos interessantes partes do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERABelos edifícios de arquitetura regionalista e eclética compõem a paisagem da praça, tornando-a ainda mais bonita…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPróxima à Plaza  de España situa-se a Plaza Cervantes, também conhecida como Plaza de San Andrés, em virtude da paróquia homônima situada em uma de suas laterais. Esta igreja pertencia ao Convento da Madre de Dios de Valverde, construída no séc. XVI e reformada no XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos arquitetos mais importantes, cujas obras repercutiram de modo fundamental na  evolução da arquitetura da cidade, foi Adel Pinna. Na Plaza de Cervantes podemos observar duas de suas criações. A denominada Casa Puebla, de 1921, foi projetada com elementos neo-renascentistas, e chama a atenção por sua beleza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA  OLYMPUS DIGITAL CAMERADo outro lado da praça, vemos o Hotel Cervantes, construído segundo as correntes ecléticas com elementos históricos e um certo toque modernista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Plaza de Minayo é um local bastante movimentado, ainda que tirei as fotos numa hora de maior tranquilidade. Nela localiza-se a Igreja de San Juan Bautista, pertencente ao desaparecido Convento de San Francisco, fundado no século XIII. A igreja atual foi edificada a partir de 1729.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm pouco mais adiante vemos, do lado esquerdo da foto abaixo, o Hospital de San Sebastián, inaugurado em 1694. Do lado direito, o Teatro López de Ayala, o mais famoso da cidade. No centro, uma estátua homenageia o político e humanista do século XIX José Moreno Nieto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Teatro López de Ayala substituiu um anterior de 1886, incendiado durante a Guerra Civil Espanhola, e sua construção finalizou em 1940. Atualmente, é um referente da programação cultural de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Real Cassino de Murcia

A denominada Calle Trapería é uma das ruas mais movimentadas da cidade. Aberta no final do séc. XIII pelo rei Jaime I, nela se concentrava o comércio de tecidos. Em seu perímetro, está situado um dos monumentos mais incríveis de Murcia, e por isso mesmo, um dos mais visitados de toda a Comunidade Murciana, o Real Cassino.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÉ difícil mostrar-se indiferente diante de tanta beleza, concentrada num único lugar. O Real Cassino de Murcia foi construído a partir de 1847, combinando variados estilos artísticos, que coexistiram na segunda metade do séc. XIX. A fachada, por exemplo, é de estilo eclético com influências modernistas e históricas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA fachada principal foi realizada pelo arquiteto Pedro Cerdán (1863/1947), responsável por várias obras neste estilo em toda a região de Murcia. Apesar de ser a sede da instituição que funciona como um clube privado, é possível visitá-lo, oferecendo também diversas atividades culturais em sua programação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERARestaurado integralmente entre 2006 e 2009, o título de Real Cassino foi outorgado pelo rei Juan Carlos I, logo após as reformas. Depois de passar pela entrada, vemos uma belíssima sala construída e decorada com uma combinação de madeira e vidro, realizada por Manuel Castaños.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste espaço de entrada permite o acesso ao chamado Salão Árabe, inspirado na arquitetura da Alhambra de Granada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste maravilhoso salão com conotações históricas foi igualmente projetado por Manuel Castaños. Abaixo,vemos alguns detalhes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Salão Árabe está coberto por uma grande cúpula de vidro. Uma inscrição percorre todo seu diâmetro. Diz: “Nada é mais grande que Alá.”

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde sua fundação, o Real Cassino de Murcia tornou-se uma das instituições mais destacadas da vida social dos seus habitantes. O Salão Árabe nos conduz à Galeria Central, totalmente coberta por uma estrutura de vidro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADeclarado Monumento Histórico-Artístico em 1983, o Real Cassino está composto por várias dependências de grande beleza, organizadas em torno à Galeria Central. Na próxima matéria, veremos as principais, e vocês terão uma ideia de sua riqueza decorativa…

Belas Praças de Murcia

As primeiras transformações urbanas da cidade de Murcia ocorreram no séc. XIX, depois que a maior parte das muralhas que a cercavam foram derrubadas, pois impediam seu crescimento. No séc. XX, amplas e modernas avenidas transformaram a cidade num núcleo cosmopolita e principal cento da comunidade. Apesar disso, seu centro histórico não oculta sua origem árabe. A parte mais antiga situa-se ao redor da catedral, onde estava situada a Mesquita e o Alcázar. No post de hoje e nos próximos veremos algumas das praças mais importantes e belas de Murcia, que acolhem seus edifícios mais significativos. Ponto de encontro de seus habitantes, a Plaza del Cardenal Belluga (Cardeal Belluga, em português) está presidida pela catedral e por outras construções de importância.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta praça homenageia a Luis Antonio de Belluga y Moncada (1662/1743), um personagem importante de sua vida religiosa e pública. Além de cardeal foi nomeado, durante o reinado de Felipe V, virrey de Murcia e Valencia. Realizou obras de grande relevância para a melhoria de vida dos habitantes da cidade, como a construção de hospitais, a criação do Seminário de Teólogos, melhoras no sistema educacional, além de colonizar terras e fundar novos núcleos de população. No centro da praça situa-se o Palácio Episcopal, construído na segunda metade do séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Palácio Episcopal ocupa o local do antigo Alcázar, que foi derrubado para dar maior visibilidade para a catedral. De estilo rococó e planta quadrada, o Palácio Episcopal conta com um interessante pátio interior composto por dois níveis.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma escada monumental permite o acesso à parte superior do pátio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção do palácio durou 30 anos. Enquanto a fachada norte se encontra na Praça do Cardeal Belluga, a fachada sul está voltada para a Plaza de la Glorieta, que veremos à continuação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das principais características da Praça do Cardeal Belluga é sua riqueza de estilos, desde o barroco da catedral e do palácio, passando por edifícios de caráter eclético com toques modernistas, como vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO arquiteto espanhol Rafael Moneo projetou um edifício anexo da Prefeitura de Murcia, dando um aspecto contemporâneo à praça.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm tradicional local de passeios dos murcianos, a Plaza de la Glorieta de España foi construída em 1821. O lugar é muito bonito, e seus jardins floridos e fontes colaboram para tanto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEstá localizada na parte de trás da Praça do Cardeal Belluga, cujo monumento em sua homenagem foi colocado junto à fachada sul do Palácio Episcopal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos a fachada sul do Palácio Episcopal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da Plaza de la Glorieta de España está situado o edifício histórico do Ayuntamiento de Murcia. Também denominado Casa Consistorial…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe estilo neoclássico, o edifício foi construído em 1848 no local de uma antiga casa árabe. Tive a sorte de poder entrar no local e tirar uma foto do interior….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Praça de San Sebastián – Antequera

Até o séc. XVI, Antequera viveu enclausurada dentro dos limites das muralhas que cercavam a parte alta da cidade. A partir de então, a explosão demográfica e sua consequente ampliação urbana fez com que surgissem novos espaços, originando a parte baixa de Antequera. Um dos mais importantes é a Praça de San Sebastián, um local que se destaca pela beleza das construções que a rodeiam.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA praça está presidida pela Real Colegiata de San Sebastián, cuja construção iniciou-se a partir de 1530, obra do arquiteto Pedro López. Vindo de Salamanca, o arquiteto Diego de Vergara realizou a fachada plateresca em 1548. Nela vemos as esculturas de São Sebastião, São Pedro e São Paulo. Na parte superior, as armas do Imperador Carlos I e, no centro, a figura de Hércules menino.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA imponente torre da igreja foi levantada no período barroco. No final do séc. XVII se construiu a base e no século seguinte se realizaram os 3 corpos superiores, feitos de tijolo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte mais alta da torre foi colocada uma figura bastante popular em Antequera, o “Angelote“…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo final do séc. XVII, a titularidade de Colegiata, anteriormente pertencente a Santa María La Mayor, que vimos no último post, foi trazida para esta igreja, que foi ampliada. Esta mudança ocorreu pois queriam transformar a cidade em sede episcopal, e a Colegiata em Catedral, algo que não acabou sucedendo. No interior da igreja podemos ver lindas obras de arte, que abarcam o período que vai do séc. XV ao XIX. No presbitério, por exemplo, foi colocado um tabernáculo de madeira dourada realizado entre 1609 e 1616, construído inicialmente para a Colegiata de Santa María. Foi trazido desta igreja para decorar o presbitério de San Sebastián, depois da destruição do seu retábulo maior, devido a uma explosão ocorrida em 1690. No centro, vemos a imagem de Santa Maria da Assunção.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANos pés da nave central situa-se o coro barroco….

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo alto do coro, vemos um belíssimo órgão. A caixa que o envolve data de 1734, mas o instrumento foi substituído em 1802.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte traseira do coro (trascoro), o destaque fica por conta de algumas das imagens mais veneradas pela população antequerana, realmente comovedoras. De finais do séc. XVIII, foram realizadas por Andrés de Carvajal. A seguir, vemos as imagens de Madalena Penitente e a de Cristo pegando as vestimentas, logo após sua flagelação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente à Colegiata de San Sebastián, uma fonte renascentista realizada em 1545 decora a praça. É considerada uma das mais belas fontes deste estilo de toda a Andalucía.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAtrás da fonte, podemos ver o Arco dos Nazaríes, construído em 1671. No começo dos anos 60 do século passado, seu estado ruinoso ameaçava derrubá-lo, quando foi desmontado e novamente reconstruído pelo arquiteto Francisco Pons-Sorolla, neto do famoso pintor Joaquín Sorolla.OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalmente, ao lado da igreja, um belo edifício inspirado no ecleticismo francês, a Casa Bouderé. Construída em 1910, destaca-se por sua pedra calcária vermelha, proveniente da Serra del Torcal, que circunda a cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAComo vocês puderam observar, na Praça de San Sebastián convivem vários estilos arquitetônicos que, ao invés de torná-la um espaço sem unidade, colaboram para sua riqueza artística, contribuindo para a monumentalidade dessa maravilhosa cidade da Província de Málaga.

Tarazona – Comunidade de Aragón

No final do ano passado, voltei à Comunidade de Aragón para rever amigos e aproveitar a estadia para visitar algumas cidades, cujo patrimônio histórico-cultural são dos mais relevantes. A primeira cidade que retornei foi Calatayud, que vimos numa série de posts publicada entre 22/11 e 1/12/2015. Logo depois, visitei Tarazona, uma cidade que já conhecia, mas que na época não pude conhecer bem, pois a maioria de seus monumentos ou estavam fechados para visitação, ou estavam sendo restaurados. Felizmente, desta vez pude admirar sua arquitetura, monumentos e obras de arte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATarazona se localiza a 90km de Zaragoza, a capital aragonesa, e possui cerca de 11 mil habitantes. Para uma população tão reduzida, possui uma história dilatada e um riquíssimo patrimônio monumental. Está situada às margens do Rio Queiles, e sua posição estratégica, na confluência entre os antigos Reinos de Aragón, Castilla e Navarra, lhe outorgou uma grande importância.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm de seus atrativos naturais mais conhecidos é o Monte Moncayo. Com 2315m, é a maior montanha do chamado Sistema Ibérico, situado entre as bacias hidrográficas dos Rios Duero e Ebro. Representa também a fronteira natural entre Aragón e Castilla y León, e integra desde 1998 uma belíssima reserva natural.

DSC01332Inúmeros povos se assentaram na cidade, como os romanos, que a denominaram Turiaso, visigodos, árabes, quando passou a chamar-se Tirasone, e finalmente os cristãos, que lhe deram o nome pela qual a conhecemos hoje em dia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlguns restos arqueológicos nos remontam à época romana, mas a partir do séc. III dC, a cidade foi abandonada progressivamente, devido à instabilidade do império. Sobre a presença visigoda, as informações são escassas e no ano 713, a cidade caiu ante o invasor árabe. Boa parte do urbanismo de Tarazona reflete as características arquitetônicas desta cultura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA cidade foi reconquistada em 1119 pelo rei Alfonso I El Batallador, quando foi repovoada por uma nova comunidade de cristãos. No entanto, muitos muçulmanos permaneceram na cidade, contribuindo para o desenvolvimento da arte mudéjar. Além do mais, acolheu uma importante comunidade judaica, que viveram num bairro independente, a denominada Juderia, uma das mais conservadas de Aragón.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA convivência entre estas culturas (crista, árabe e judaica) possibilitaram seu variado e rico conjunto de monumentos, que atualmente podemos admirar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO século XVI representou um momento de grande crescimento construtivo, possível graças a prosperidade econômica. Um exemplo de monumento renascentista é o Edifício do Ayuntamiento (prefeitura), um dos mais belos de toda a Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante o período barroco, Tarazona recebeu abundantes comunidades religiosas, como os jesuítas, carmelitas, capuchinos, etc. Sua maravilhosa catedral foi recentemente restaurada, exibindo uma grande quantidade de verdadeiras joias artísticas (em breve, publicarei uma matéria exclusiva…). Caminhar por seu centro histórico e suas ruas estreitas nos remete a um passado cheio de vida e de enorme importância cultural.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a cidade possui uma extensa programação de festas e atividades. Um local de referência é o Teatro de Belas Artes, inaugurado em 1921 e construído pelo arquiteto Miguel Àngel Navarro, seguindo os preceitos da arquitetura eclética, com detalhes modernistas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATarazona possui uma singular Praça de Touros e belas igrejas, que veremos proximamente. Espero que gostem desta nova série que hoje iniciamos, homenageando e divulgando as belezas artísticas desta cidade aragonesa….

OLYMPUS DIGITAL CAMERA