O Urso e o Madroño – Madrid

Na Porta do Sol situa-se um dos locais mais fotografados de Madrid, a estátua de um Urso apoiando-se numa árvore conhecida como Madroño. Não é uma estátua qualquer, pois representa o símbolo da cidade, formando parte do escudo de armas oficial da capital espanhola. A estátua foi inaugurada em 1967, obra do escultor Antonio Navarro Santafé (1906/1983). Feita de pedra e bronze, está apoiada num pedestal de granito. Com 4 m de altura e 20 toneladas de peso, esta emblemática estátua esteve sempre situada na Porta do Sol, embora mudasse de local 3 vezes.

DSC01998Como a maioria dos símbolos heráldicos em geral, suas origens são um pouco confusas, mas se sabe que sua primeira aparição no escudo da cidade data do séc. XIII. Antes, as armas estavam representadas somente por um urso pastando no campo. Os historiadores concordam que a presença do urso significa simplesmente que antigamente era um animal abundante ao redor da cidade, quando então estava coberta por bosques. Outros aponta que na realidade, trata-se de uma ursa, normalmente representadas nos escudos como símbolo de abundância e fertilidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs 7 estrelas ao redor do escudo estão vinculadas à Constelação da Ursa Menor, que contém a Estrela Polar, ou então como representação das sete escolas de astronomia existentes em Madrid no séc. X. Outra versão sugere que estão associadas ao céu madrilenho, famoso por sua claridade e pureza. Desde que Alfonso VIII concedeu  um foro de privilégios a cidade em 1202, iniciou-se uma disputa entre a Igreja e o Estado sobre a soberania dos bosques (incluindo a produção de madeira e as terras de caça), e os terrenos de pasto. Depois de 20 anos de disputa, chegou-se a um acordo. A Igreja estaria responsável pela jurisdição das terras de pasto e o Estado, pelos bosques. Neste acontecimento, surge o verdadeiro significado do escudo, aceito pelos historiadores. O urso simboliza o domínio da Igreja sobre os pastos e a árvore, a propriedade dos bosques pelo Estado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAE porquê escolheu-se o Madroño propriamente para ser incluído no emblema? Provavelmente, quando foi desenhado o escudo, este arbusto deveria representar uma espécie genérica, ou seja, uma árvore qualquer, cujo significado pictórico era simbolizar a conciliação entre Igreja e Estado. Outra explicação dada é como forma de agradecimento do poder curativo de suas folhas, que inclusive curou o rei Carlos V  e um grande número de habitantes de uma praga que assolou a cidade, quando ainda não era capital.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Madroño (Arbustus Unedo) é utilizado como planta ornamental para parques e jardins. Sua altura média, quando adulta, varia entre 15 e 20m, e produz um fruto vermelho, utilizado na fabricação de conservas e marmeladas. Abaixo, vemos um exemplar jovem situado no Parque do Retiro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar das diversas teorias existentes, ninguém sabe com absoluta certeza porque foram colocados o Urso e o Madroño no escudo da cidade. No entanto, apesar das mudanças sofridas no escudo ao longo dos séculos, ambos estiveram permanentemente representados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1554, o Parlamento de Valladolid concedeu a Madrid uma permissão para incluir a Coroa Real no escudo. Assim, a cidade passou a ser reconhecida oficialmente como vila. Este novo status foi considerado de grande importância, pois Madrid era, na época, um núcleo pequeno e de pouca influência.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1842 foi colocado um novo elemento, certamente estranho e cuja razão se desconhece, um dragão. Permaneceu no escudo até 1967, quando finalmente foi abolido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe tudo o que foi dito, a única certeza é a onipresença do escudo pela cidade. Como vocês puderam observar, está em todos os lugares, nas fontes, monumentos, serviços públicos, nas calçadas, etc, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Taberna “El Madroño”, situada na Porta Cerrada, vemos o Urso e o Madroño pintados num belo mural de azulejos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo interior da taberna, podemos observar a evolução do escudo ao longo do tempo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEnquanto o contemplamos, podemos aproveitar e pedir um Licor de Madroño…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

3 respostas em “O Urso e o Madroño – Madrid

  1. São muito bem feita as histórias, as lendas…ainda mais com uma pitada de pode ter acontecido e aconteceu sob o manto da realidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s